Topo

Entretenimento

Comprador de quadro de Modigliani de R$ 647,2 milhões é ex-taxista chinês

Reprodução/SCMP Pictures
Liu Yiqian, que arrematou o quadro "Nu Couché" por cerca de R$ 647,2 milhões Imagem: Reprodução/SCMP Pictures

Nova York (EUA)

10/11/2015 19h43

O multimilionário Liu Yiqian, um ex-taxista que fez fortuna nas finanças, foi o comprador do quadro "Nu Couché" ("Nu Deitado"), de Amedeu Modigliani, que foi vendido nesta segunda (9) por US$ 170,4 milhões (cerca de R$ 647,2 milhões) em um leilão da Christie's, informou nesta terça-feira (10) o jornal "The New York Times".

Liu, grande colecionador de arte junto com sua esposa Wang Wei, com quem abriu dois museus em Xangai, conseguiu ser o comprador da disputada obra pagando o segundo maior preço da história em um leilão.

A história do multimilionário chinês transcorre paralela à das reformas econômicas no gigante asiático.

O executivo, com uma fortuna de US$ 1,5 bilhão que começou a construir trabalhando como operador da bolsa, iniciou sua carreira como taxista e vendedor ambulante de bolsas.

Em entrevista ao "The New York Times", o milionário confirmou que a obra de Modigliani viajará em breve para Xangai.

Por meio de um link presencial com o leilão, Liu conseguiu vencer, mesmo estando na China, outros cinco colecionadores que disputaram a obra tanto na própria Christie's como virtualmente.

Em entrevista ao mesmo jornal em 2013, o multimilionário comentou que para ele "colecionar arte é parte de um processo de aprendizagem sobre a arte".

Liu já havia batido um recorde meses atrás quando adquiriu em um leilão da Sotheby's uma xícara de porcelana da dinastia Ming por US$ 36 milhões.

Aquela compra valeu críticas a quem alguns chamam de "o magnata taxista", pois foi fotografado tomando chá nela pouco depois.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento