Entretenimento

Guinness retira recorde de cidade chinesa por esbanjar comida

26/10/2015 10h47

Pequim, 26 out (EFE).- A cidade chinesa de Yangzhou cozinhou 4,19 toneladas de arroz frito para ter seu nome inscrito no Guinness, o Livro dos Records, mas nesta segunda-feira a publicação decidiu retirar esse recorde da cidade depois de descobrir que parte do gigantesco prato foi dada aos porcos.

A representante do Guinness na China, Sharon Yang, disse em entrevista à agência oficial "Xinhua" que a decisão foi tomada por não cumprir com as normas que o livro estabelece.

"Qualquer coisa produzida em uma tentativa de recorde que envolva alimentos deve ser comida, e não desperdiçada", destacou ela.

A cidade de Yangzhou, na província de Jiangsu, organizou na sexta-feira passada o preparo desse prato popular para comemorar os 2.500 anos de sua fundação e para superar o recorde do maior arroz frito do planeta dado pelo Guinness a uma cidade da Turquia no ano passado.

Yangzhou dá nome ao prato que no Ocidente é conhecido como "Arroz três delícias", frito e com grande variedade de ingredientes, por isso o governo da cidade achou que a melhor forma de promovê-la era cozinhar uma versão gigante da principal contribuição local à gastronomia.

No entanto, a comemoração se transformou em polêmica quando alguns participantes denunciaram através das redes sociais que pelo menos 150 quilos do arroz foram recolhidos e transportados em um caminhão para alimentar porcos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo