Entretenimento

Estudo baseado em Atapuerca propõe modelo de evolução em quatro períodos

01/09/2015 11h56

Burgos (Espanha), 1 set (EFE).- Uma equipe de pesquisadores espanhóis propôs um modelo de evolução do corpo humano em quatro grandes fases ou desenhos anatômico-funcionais a partir do estudo de fósseis de Abismo dos Ossos da jazida de Atapuerca (centro da Espanha).

O estudo, que foi publicado na revista "PNAS" da Academia de Ciências dos Estados Unidos, analisa a coleção de fósseis do esqueleto pós-craniano do Abismo dos Ossos, uma jazida do complexo de Atapuerca datada em 430 mil anos de antiguidade, anterior aos neandertais.

Assim, o artigo propõem quatro grandes padrões sucessivos na evolução do corpo humano: os ardipithecus (arborícola e talvez ocasionalmente bípede) e os Australopithecus (bípede, mas com notáveis capacidades arbóreas).

Além disso, do humano arcaico ao qual pertencem o Homo erectus e a população do Abismo dos Ossos (de corpo alto em comparação com os tipos somáticos anteriores, largo e robusto, e locomoção exclusivamente terrestre); e o humano moderno (de alto, estreito e esqueleto elegante).

O somatótipo dos neandertais, segundo os autores do estudo, pertenceria ao terceiro padrão, embora estes humanos teriam desenvolvido certas características próprias, algumas das quais já insinuadas na população do Abismo dos Ossos, que ajuda assim a entender melhor a origem dos traços neandertais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo