Topo

Entretenimento

Jornalista tenta suicídio após matar 2 ex-colegas ao vivo nos Estados Unidos

26/08/2015 15h27

Washington, 26 ago (EFE).- O jornalista Vester Lee Flanigan, também conhecido como Bryce Williams, tentou suicídio em uma rodovia no estado da Virgínia (EUA) nesta quarta-feira, cinco horas depois de assassinar uma repórter e um cinegrafista da emissora "WDBJ7", afiliada da "CBS", enquanto eles estavam no ar, informou a Polícia do estado da Virgínia.

Flanigan, ex-funcionário da "WBDJ7" na cidade de Roanoke, também na Virgínia, matou à queima-roupa a repórter Alison Parker, de 24 anos, e o cinegrafista Adam Ward, de 27, afirmaram as autoridades, que ainda não sabem os motivos do crime.

A representante da Câmara do Comércio da Região de Smith Mountain Lake, Vicki Gardner, que concedia entrevista no momento em que Flanigan começou a atirar, ficou ferida na ação, segundo a "WDBJ7".

A Polícia de Virgínia inicialmente disse que Flanigan estava morto, "mas ele ainda está vivo e em estado crítico", ainda conforme a emissora "WDBJ7".

O tiroteio ocorreu por volta das 6h45 locais (7h46 em Brasília), quando Parker e Ward estavam fazendo uma entrevista ao vivo na praça de Bridgewater de Moneta, uma cidade rural que fica a 350 quilômetros ao sudoeste de Washington.

O atirador se aproximou pelas costas do cinegrafista e abriu fogo. A ação foi filmada pelo próprio homem, que postou a gravação posteriormente na internet antes de tentar o próprio suicídio.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento