Entretenimento

Descobertas três peças faraônicas de 4 mil anos no sul do Egito

27/07/2015 08h56

Cairo, 27 jul (EFE).- Uma equipe de especialistas americanos descobriu três peças faraônicas com relevos de quatro mil anos de idade na província de Assuã, no sul do Egito, informou nesta segunda-feira o ministro de Antiguidades, Mamdouh al Damati.

O ministro explicou que as peças datam do Império Médio (2050-1750 a.C.) e foram encontradas na região de Wadi al Hudi, cerca de 35 quilômetros ao sudoeste da cidade de Assuã, capital da província homônima.

As peças estão vinculadas com um assentamento fortificado existente na região de Wadi al Hudi e em dois dos três relevos aparece registrado o ano 28 do reinado do faraó Sesóstris I, da XII dinastia, período reconhecido como o auge da literatura e do artesanato egípcio.

Damati informou que várias destas inscrições sumiram pela ação do tempo, mas as peças serão estudadas e restauradas.

Wadi al Hudi teve uma grande importância durante o Império Médio, já que continha várias pedreiras de ametista que eram usavam na fabricação de joias.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo