Topo

Entretenimento

Aquarelas e desenhos de Hitler são leiloados por 391 mil euros na Alemanha

Daniel Karman/EFE
Desenhos feitos pelo ditador alemão Adolf Hitler foram colocados em leilão em Nuremberg, na Alemanha Imagem: Daniel Karman/EFE

Em Berlim

20/06/2015 18h30

Uma casa de leilões de Nuremberg, no sul da Alemanha, arrecadou neste sábado (20) um total de 391 mil euros com o leilão de 14 aquarelas e desenhos atribuídos ao ditador alemão Adolf Hitler.

Entre as obras leiloadas, pintadas entre 1904 e 1922, havia motivos florais, vistas de Praga e Viena e o retrato de uma menina, todas assinadas com o nome "A. Hitler".

A obra mais cara, vendida por 100 mil euros, foi uma aquarela com uma vista do castelo alemão de Neuschwachstein que deu de presente de aniversário para o empresário Otto von Steinbeins.

Segundo fontes da casa de leilões citadas pela imprensa local, a pintura foi parar junto com outras sete obras com um comprador localizado na China e que contava com um representante na sala.

Os outros compradores, procedentes de Estados Unidos, França, Arábia Saudita, Alemanha e até mesmo Brasil, fizeram suas ofertas por telefone.

O leilão, como outros anteriores de pinturas de Hitler, esteve rodeado de polêmica na Alemanha, onde as obras do ditador podem ser vendidas sempre que nelas não apareçam símbolos nazistas.

A mesma casa de leilões vendeu no último mês de novembro uma aquarela pintada por Hitler por 130 mil euros, um elevado preço que se relacionou com o fato de que se conservava a fatura original de 1916, quando o quadro foi adquirido em uma galeria de Munique.

Hitler tentou dedicar-se à pintura antes da política e quis estudar na Academia de Belas Artes de Viena, que lhe rejeitou por duas vezes.

Os especialistas estimam que ele pode ter realizado entre 2.000 e 3.000 obras, entre desenhos, aquarelas e azeites.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento