Topo

Entretenimento

A 8 dias do lançamento, original de "Grey" é roubado de editora

10/06/2015 11h27

Londres, 10 jun (EFE).- O manuscrito da quarta parte de "Cinquenta tons de cinza", da escritora britânica E.L. James, foi roubado faltando apenas oito dias para o lançamento oficial, informou nesta quarta-feira a rede "BBC".

Segundo a emissora pública do Reino Unido, a polícia abriu uma investigação depois que a editora "Penguin Random House" denunciou ontem o furto de "Grey", título da nova obra.

Uma porta-voz do grupo garantiu que o lançamento do livro está mantido "para 18 de junho - dia do aniversário de Christian - como estava previsto". No Brasil a história chega em 18 de setembro.

O furto da obra, que narra o início da relação de Christian Grey e Anastasia Steele do ponto de vista do empresário, gerou rumores sobre possíveis versões piratas. Na introdução, a autora explica que a escreveu depois de receber vários pedidos de fãs.

E.L. James vendeu milhões de cópias de sua trilogia "Cinquenta tons" desde seu lançamento no mercado, em 2011.

"Christian é um personagem complexo e os leitores sempre foram fascinados por seus desejos e motivações, assim como por seu atormentado passado. Além disso, qualquer pessoa que já teve um relacionamento sabe: sempre há duas versões de uma mesma história", disse a escritora ao anunciar que lançaria o livro.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento