PUBLICIDADE
Topo

"Relatos Selvagens" e "A ilha mínima" lideram indicações ao Prêmio Platino

27/05/2015 16h39

Fernando Mexía.

Los Angeles (EUA), 27 mai (EFE).- Os filmes "Relatos Selvagens" e "A ilha mínima" se tornaram os favoritos para a segunda edição do Prêmio Platino de cinema ibero-americano, com dez e nove indicações, respectivamente.

O anúncio das indicações aconteceu nesta quarta-feira no hotel Andaz, em Los Angeles, em uma entrevista coletiva que contou com a presença dos mestres de cerimônia da premiação, a atriz mexicana Alessandra Rosaldo e o jornalista colombiano Juan Carlos Arciniegas, e do ator mexicano Eugenio Derbez.

"Era preciso um prêmio como o Platino", disse Derbez, para quem estes prêmios podem "dialogar lado a lado com o Oscar".

"Relatos Selvagens", longa argentino dirigido por Damián Szifrón, e o espanhol "A ilha mínima", de Alberto Rodríguez, disputarão o título de melhor filme com o cubano "Conduta", de Ernesto Daranas, o uruguaio "Mr. Kaplan", de Álvaro Brechner, e o venezuelano "Pelo malo", de Mariana Rondón.

Todos os produtores também foram indicados pela produção e a categoria de melhor roteiro.

Alberto Rodríguez ("A ilha mínima") divide a indicação de roteiro com seu compatriota Rafael Cobos.

"Conduta" e "Pelo malo" tiveram oito indicações cada, "Mr. Kaplan", sete; e o filme cubano "Vestido de noiva", duas, entre elas a de melhor estreia.

Foram divulgados os indicados nas 13 categorias do prêmio, incluídas as quatro que são novidade este ano: montagem, direção de arte, fotografia e som, as quais também foram indicados "Relatos Selvagens", "A ilha mínima", "Conduta", "Mr. Kaplan" e "Pelo malo".

A atriz Kate del Castillo foi quem revelou o nome do ganhador do Prêmio de Honra, um reconhecimento concedido ao ator espanhol Antonio Banderas, que receberá a estatueta em Marbella, na Espanha, onde a cerimônia acontece em 18 de julho.

O quinteto de indicados a melhor ator na segunda edição do Platina é formado pelos espanhóis Javier Gutiérrez ("A ilha mínima") e Óscar Jaenada ("Cantinflas"), pelo porto-riquenho Benicio del Toro ("Escobar, paraíso perdido"), o cubano Jorge Perugorría ("La pared de las palabras") e o argentino Leonardo Sbaraglia ("Relatos Selvagens").

A concorrência pelo prêmio de melhor atriz é ainda maior, já que houve um empate na votação e a categoria terá seis candidatas, o que também aconteceu para melhor trilha sonora e melhor filme de animação.

Disputam a argentina Érica Rivas ("Relatos Selvagens"), a americana Geraldine Chaplin ("Dólares de areia"), a cubana Laura de la Uz ("Vestido de noiva"), a brasileira Leandra Leal ("O lobo atrás da porta"), a chilena Paulina García ("As analfabetas") e a venezuelana Samantha Castillo ("Pelo malo").

García poderia reeditar sua vitória de 2014, quando ganhou o Platino por sua interpretação em "Gloria".

O ganhador do Oscar Gustavo Santaolalla (Argentina) concorre ao prêmio de melhor trilha sonora por "Relatos Selvagens", junto com o venezuelano Gustavo Dudamel ("Libertador"), o chileno Adán Jodorowsky ("A dança da realidade"), os cubanos Juan Leyva e Magda Galbán ("Conduta") e os espanhóis Julio de la Rosa ("A ilha mínima") e Roque Baños ("O menino").

"Vestido de noiva" disputará a estatueta de melhor estreia com os longas-metragens "10.000 km" (Espanha), "Ciências naturais" (Argentina), "A distância mais longa" (Venezuela) e "Mateo" (Colômbia).

Em documentário foram indicados "Quem é Dayani Cristal?", "2014, nascido em Gaza", "A valsa dos inúteis", "O sal da terra", sobre o fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado, e "Paco de Lucía: a busca".

Em animação foram selecionados o brasileiro "Até que a Sbórnia nos separe", "Dixie e a rebelião zumbi", "A lenda das múmias de Guanajuato", "Dedo mindinho", "Mortadelo e Filemón contra Jimmy o Brincalhão" e "O menino e o mundo".

O Prêmio Platino são uma iniciativa da Entidade Espanhola de Gestão de Direitos Audiovisuais (EGEDA) em parceria com a Federação Ibero-Americana de Produtores (FIPCA) e reúne a indústria audiovisual de 23 países.

Os membros da FIPCA de cada país propõem as candidaturas e um júri internacional escolhe os indicados.

A entrega do Prêmio Platino será retransmitida ao vivo pelas emissoras "TNT" e "RTVE", e poderá ser vista em mais de 50 países. EFE

fmx/cd/rsd

(vídeo) (fotos)