Entretenimento

Vin Diesel vive turbilhão de emoções em lançamento de "Velozes e Furiosos 7"

31/03/2015 22h46

Fernando Mexía.

Los Angeles (EUA), 31 mar (EFE).- As muitas emoções vividas por Vin Diesel nesses últimos tempos podem ser notadas em suas expressões e olhares - normalmente rigorosos -, suavizados com uma felicitação pelo nascimento de sua filha e embargados durante a lembrança do amigo Paul Walker, cuja morte precipitou o fim da saga "Velozes e Furiosos".

O último filme, "Velozes e Furiosos 7", estreará neste final de semana com o peso de uma despedida. O roteiro original foi alterado por causa da tragédia envolvendo o antigo protagonista, Paul Walker, e terá um final carregado de simbolismo, no qual os personagens se despedirão dizendo "adeus" e os atores, "até logo".

Vin Diesel, de 47 anos, compartilhou seus pensamentos com a Agência Efe durante um passeio pelo estacionamento do estádio de beisebol dos Dodgers, na cidade de Los Angeles, em um dia ensolarado e com bastante vento.

Sua inconfundível voz grave e seca, que dá destaque aos seus personagens de ação, quase não encontrou uma forma de expressar o vazio que deixará o filme, que tem a figura de Walker ainda muito presente.

Desde a morte do ator, em um acidente de carro ocasionado por excesso de velocidade, em novembro de 2013, Diesel, ator e produtor dos filmes "Velozes e Furiosos", se dedicou totalmente à sétima edição da saga e, nas últimas semanas, à sua divulgação.

No momento, todos perguntam sobre Paul Walker, mas isso mudará dentro de alguns dias. O lançamento de "Velozes e Furiosos 7" servirá para ajudar a cicatrizar essa ferida.

Paloma Jimenéz, mulher de Diesel, deu à luz em 16 de março a uma menina, que foi batizada de Pauline, em homenagem à Paul. O ator afirmou que a falta de Walker "é uma tortura" e que tentam se recuperar "a todo o momento".

"Isto é especial, agradeço ao estúdio por permitir a liberação deste filme, que tem uma sensação de encerramento", declarou o ator, que voltará a viver o mecânico Dominic Toretto, um ex-presidiário amante dos 'pegas'.

Inicialmente, "Velozes e Furiosos 7" seria gravado em concomitância com a oitava e nona edições da saga, no entanto, a pressa para lançar esta edição fez com que os planos fossem alterados e a filmagem múltipla, descartada.

A morte de Walker deixou a produção em suspenso até a equipe conseguir encontrar uma forma na qual se sentissem confortáveis para dar continuidade e então concluir o projeto. Isto foi possível por causa dos efeitos especiais, de imagens já gravadas do ator e da colaboração de seus irmãos, que serviram como dublê de corpo em algumas tomadas.

"Outros poderiam ter tentado explorar o que aconteceu. Deus abençoe o estúdio por ter escolhido um encerramento mais elegante" declarou Diesel.

O protagonista também falou sobre o componente familiar dos filmes, que "interrompem a ação" (geralmente levada a extremos inverossímeis) para comemorar uma gravidez, um nascimento ou para refletir sobre as dificuldades da paternidade.

"Isto é profundo. As pessoas fazem filmes para Sundance com temas assim", afirmou Diesel, que desenvolveu uma trama movida por uma vingança, que ameaça acabar com todos os protagonistas de "Velozes e Furiosos", um por um.

Além da equipe de atores dos filmes anteriores (Michelle Rodríguez, Chris "Ludacris" Bridges e Dwayne Johnson), a produção contará com a participação de Jason Statham, Ronda Rousey e do cantor Romeo Santos, entre outros. A espanhola Elsa Pataky retornará pela terceira vez ao papel de Elena, uma policial, cuja volta se deu em função das circunstâncias.

"Haveria sua presença no terceiro ato, mas depois da tragédia foi necessário focar em responder a história de Brian O'Conner (Paul Walker), portanto, todos os personagens precisaram recuar, para permitir que o espectador se concentre na homenagem final", relatou Diesel.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo