Entretenimento

Exposição de Picasso é inaugurada em SP com secretário de Estado espanhol

24/03/2015 22h10

São Paulo, 24 mar (EFE).- O secretário de Estado de Cooperação Internacional e para a região ibero-americana da Espanha, Jesús Gracia, e o prefeito São Paulo, Fernando Haddad, inauguraram nesta terça-feira a exposição "Picasso e a modernidade espanhola", que abrirá as portas para público amanhã com 90 obras do Museu Rainha Sofía de Madri.

"É uma grande honra para a Espanha trazer esta exposição ao Brasil. As relações são enormes e intensas em todos os níveis", disse Gracia sobre a mostra, que ficará no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de São Paulo até 8 de junho, quando seguirá para o Rio de Janeiro.

Para ele, esta aproximação entre Brasil e Espanha mediante laços culturais "são relações que unem povos", e destacou o papel do Museu Rainha Sofía de Madri como galeria ibero-americana que agora apresenta no Brasil outra fase artística de Picasso "e todos os de sua geração". A exposição reúne quase 100 obras de 37 artistas espanhóis, a maioria do pintor malaguenho e inclui ainda esboços de "Guernica".

Haddad, por sua vez, ressaltou que a exposição de Picasso mostra o "esforço" da prefeitura para revitalizar o centro da cidade.

"Não é fácil trazer uma exposição como esta. É uma logística de muito risco", disse o prefeito, que afirmou que a exibição do cubista se soma a um circuito de arte com mostras internacionais visitadas nos últimos meses por mais de 400 mil pessoas em vários pontos da cidade.

Antes de participar da abertura, Jesús Gracia se reuniu com o vice-governador de São Paulo, Marcio França, e iniciou assim uma visita oficial de três dias ao Brasil que inclui uma agenda com atividades em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo na qual repassará as relações entre os dois países.

Amanhã, ainda na capital paulista, o secretário de Estado terá um encontro com empresários da Câmara Oficial Espanhola de Comércio no Brasil e visitará a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Na quinta-feira, no Rio de Janeiro, ele dará uma entrevista coletiva e participará de uma conferência sobre as relações de Espanha e América Latina na sede do Centro Brasileiro de Relações Internacionais (Cebri).

Sexta-feira, no último dia da vista oficial, se reunirá em Brasília com o secretário-geral do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, Sergio Danese, com quem assinará um memorando de entendimento para a renovação da relação em matéria de cooperação para o desenvolvimento.

De lá, Gracia viajará a Buenos Aires, onde se reunirá com diversas autoridades, entre elas o vice-ministro de Relações Exteriores da Argentina, Eduardo Zuaín, e o chefe do governo da cidade de Buenos Aires, Mauricio Macri.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo