Entretenimento

Jornalista da "NBC" atribui ao medo invenção de história sobre ataque

09/02/2015 22h28

Washington, 9 fev (EFE).- Brian Williams, o popular apresentador da emissora de televisão "NBC", acusado de exagerar seu envolvimento em um ataque no início da Guerra do Iraque, assegurou que sua confusão se deveu ao "nevoeiro" da guerra e ao medo nos primeiros dias de invasão.

O jornal militar "Star and Stripes" publicou nesta segunda-feira a íntegra da entrevista que fez com o jornalista depois que vários veteranos da Guerra do Iraque (2003-2011) garantiram que Williams inventou ter sido vítima de um ataque com lança-granadas a seu helicóptero em 2003, já que ele viajava em outra aeronave.

"Era minha primeira vez na guerra e lembrou que tinha medo(...). Tudo se transformou em um nevoeiro quando descemos no terreno(...). O que fiz como civil é o que teria feito um civil sem treinamento (militar) em minha situação: passar medo. O único que sabia é que tinham disparado em nossa direção", explicou o jornalista.

Várias testemunhas militares do incidente, que não deixou vítimas, lembraram ao "Star and Stripes" que Williams não voava no helicóptero atacado e não podia ter presenciado o ataque porque chegou em outra aeronave que fazia parte de uma mesma frota cerca de uma hora depois.

"Suponho que presumi que todas as aeronaves tinham sofrido algum dano porque todos aterrissamos", afirmou o repórter, que acrescentou que ele teve uma visão diferente dos "profissionais" pela maneira distinta de analisar a situação.

O jornalista falou do incidente durante a exibição de uma notícia sobre uma partida de hóquei no gelo à qual compareceu um militar retirado a quem agradeceu por ter cuidado de sua segurança no Iraque.

Williams contou que essa história de sua amizade "começou com um terrível momento há 11 anos durante a invasão do Iraque, quando o helicóptero" em que viajavam "se viu obrigado a aterrissar após receber o impacto de uma lança-granadas", e acrescentou que foram resgatados por um pelotão de infantaria do exército americano.

Na quarta-feira passada, Williams leu um comunicado ao vivo para eximir-se por sua falta de rigor e neste final de semana anunciou que abandonará temporariamente seu posto como apresentador do principal noticiário noturno da emissora, ""NBC Nightly News", enquanto o canal investiga seu caso.

No entanto, o escândalo aumentou nos últimos dias com novas acusações sobre os exageros de Williams durante a cobertura do furacão "Katrina" em 2005 e durante a guerra de Israel contra a milícia libanesa xiita do Hezbollah em 2006.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo