Topo

Livros e HQs

Principal grupo editorial de Portugal adquire o selo "Livros do Brasil"

De Lisboa

08/01/2015 13h40

O principal grupo editorial de Portugal, Porto Editora, anunciou por comunicado nesta quinta-feira a compra do selo Livros do Brasil, por cerca de 500 mil euros, com o objetivo de relançar a editora nos próximos três anos.

Inaugurada há 70 anos em Portugal, a "Livros do Brasil" foi criada para divulgar as grandes obras da literatura brasileira e de outros renomados autores estrangeiros, cujos livros ainda não tinham sido publicados em solo lusitano.

Escritores como Albert Camus, Ernest Hemingway e Eça de Queirós são alguns dos autores incluídos em suas coleções.

"A Livros do Brasil se tornou, durante anos, um dos mais importantes selos editoriais portugueses", afirmou a Porto Editora, que concluiu a sexta aquisição nos últimos 13 anos.

A última compra será "relançada" com um investimento de mais 500 mil euros, segundo explicou o administrador do grupo, Vasco Teixeira, em entrevista publicada nesta quinta-feira pelo "Jornal de Negócios".

O responsável pela companhia lembrou da compra dos ativos da alemã Bertelsmann --uma das principais empresas do setor editorial no mundo-- em 2010 e afirmou que, desde então, a ampliação do negócio da Porto Editora se deve mais "à preservação de um determinado patrimônio cultural" do que à melhora da receita.

Sobre a "Livros do Brasil", Vasco Teixeira ressaltou o "importante papel" do selo "no cenário cultural", mas considerou que ele esteve "um pouco adormecido" nos últimos anos.

Segundo os dados divulgados pela empresa, as vendas da Porto Editora beiram os 150 milhões de euros por ano, e o lucro em 2013 chegou aos 16,2 milhões de euros.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Livros e HQs