Entretenimento

Correspondentes internacionais deixam suas impressões sobre o Brasil em livro

15/12/2014 18h41

São Paulo, 15 dez (EFE).- Dez jornalistas estrangeiros registraram em livro, lançado na sexta-feira passada em São Paulo, suas visões sobre o país em textos bem-humorados que abrangem diversos aspectos da cultura brasileira, como religião, história e futebol.

"Eu tinha a pretensão de que, por ser português, eu conhecia mais do Brasil que até mesmo os brasileiros", contou à Efe João Moreira, jornalista português do jornal "A Bola".

Na coletânea "Palavra de Gringo - Um olhar estrangeiro sobre o Brasil", Moreira conta uma aventura fictícia que acontece quando ele resolve viajar do interior de São Paulo em direção à capital para assistir ao clássico Corinthians e Palmeiras, no Pacaembu.

"Não é bem verdade, mas mostra um pouco do que eu acho do país", explicou Moreira que se considera um "sociólogo de mentirinha" em sua coluna no jornal "Dinheiro Vivo", onde escreve sobre o país.

Com conhecimento de causa e humor, a obra é um passeio pelo país e sua cultura e apresenta não só um olhar curioso e divertido, mas também uma análise do Brasil a partir de suas experiências.

"Sinto que falta uma atenção maior à história do país pelos próprios brasileiros e foi isso que tentei passar em meu artigo", contou Verónica Goyzueta, jornalista peruana e correspondente do jornal espanhol "ABC".

"Um exemplo disso é como os heróis nacionais brasileiros quase nunca são figuras indígenas, como em meu país, mas sim figuras colonizadoras como os bandeirantes (...) mas não pense que vai ser algo chato, ele é até engraçado, porque é uma crítica e tentei pôr um pouco de humor", explicou Verónica.

Além dos dois correspondentes, a coletânea traz textos dos jornalistas Jenny Barchfield,Phillip Lichterbeck, Lamia Oualalou, Santiago Alberto Farrell, Tom Phillips, Henrik Brandão Jönsson, Julia Michaels e Waldheim García Montoya, correspondente-chefe do escritório da Agência Efe em São Paulo.

A visão e as histórias pessoais dos jornalistas estrangeiros são ricamente ilustradas pelas aquarelas da artista brasileira Rita Wainer que dão uma cara de caderno de notas e desenhos dos aventureiros correspondentes ao livro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo