Entretenimento

França devolverá ao Egito 239 peças arqueológicas roubadas

25/11/2014 13h37

Cairo, 25 nov (EFE).- A França devolverá ao Egito nos próximos dias 239 peças arqueológicas que foram confiscadas do contrabando do país, informou nesta terça-feira o ministro de Antiguidades, Mamduh al Damati.

O ministro explicou em comunicado que os especialistas do Museu do Louvre confirmaram a autenticidade dessas 239 peças, que estão entre as 302 que foram extraídas ilegalmente do Egito.

As autoridades egípcias também solicitaram a devolução das outras 63 peças, cuja autenticidade não foi verificada, para que sejam examinadas no país.

A nota ressaltou que a recuperação dessas antiguidades faz parte dos esforços do governo para conseguir a devolução de todas as peças de contrabando.

Al Damati afirmou que o governo planeja assinar um acordo com a França para dar fim a este tipo de contrabando. O chefe do Departamento de Arqueologia Recuperada, Ali Ahmed, disse que as antiguidades que serão devolvidas pelas autoridades francesas datam de diferentes épocas faraônicas.

Entre elas há estatuetas de madeira pintada que faziam parte de uma barca funerária, assim como um pedaço de pedra caliça que mostra a apresentação de oferendas ao deus Osiris e à deusa Ísis.

Além disso, será devolvido um conjunto de amuletos e estatuetas "ushabti", que eram colocados nos túmulos dos faraós para substitui-los nos trabalhos agrícolas após a morte.

Entre as diversas peças também há vasilhas de rocha e cerâmica, e várias moedas das épocas greco-romana, bizantina e islâmica.

As autoridades de arqueologia recuperaram centenas de peças nos últimos anos. A intensa campanha internacional inclui uma forte vigilância sobre as ofertas das casas de leilões para impedir a venda de antiguidades egípcias roubadas e retiradas de contrabando. EFE

aj/vnm

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo