Entretenimento

EFE leva seu acervo fotográfico ao Paraguai para comemorar seus 75 anos

13/11/2014 13h57

Assunção, 13 nov (EFE).- A exposição "Efe: 75 anos em fotos, 25 anos construindo América Latina" será inaugurada no próximo dia 20, no Centro Cultural da Espanha Juan de Salazar em Assunção, capital do Paraguai.

Uma imagem de Hitler e Franco feita em 1940, outra do escritor paraguaio Augusto Roa Bastos após ser premiado e do jogador de futebol Roque Santa Cruz em campo são algumas das joias do arquivo da Agência Efe que estarão na mostra.

Ao todo, 75 fotos ficarão expostas até 28 de fevereiro. Elas mostram um olhar ibero-americano do mundo, e foram escolhidas entre as 17 milhões de imagens do acervo gráfico da Agência de momentos e figuras fundamentais da história, em particular da América Latina e Espanha, além de mostrar a evolução política e social, e a riqueza cultural do Paraguai.

A exposição inclui ainda uma seção sobre infraestrutura que é testemunho do progresso físico da região nas últimas décadas.

A Agência também exibirá uma seleção dessas fotografias no Shopping del Sol, em Assunção, para deixar o trabalho jornalístico ainda mais próximo das pessoas.

"A Efe compilou um valioso testemunho narrativo, gráfico e audiovisual, que poderia ser declarado como patrimônio cultural da região ibero-americana", disse José Antonio Vera, presidente da Agência, que visitará Assunção pela primeira vez para o ato de inauguração.

"A exposição da Agência Efe no Paraguai é uma ocasião única para comprovar a projeção excepcional deste meio informativo nos acontecimentos diários neste país e em toda a zona do Mercosul, como ferramenta de informação privilegiada da Espanha no mundo", disse o embaixador espanhol em Assunção, Diego Bermejo.

A mostra é uma vitrine do trabalho anônimo de gerações de profissionais da Agência, presentes em 120 países, e inclui imagens que deram a volta ao mundo, como a da tentativa de levante realizado pelo tenente-coronel Antonio Tejero no Parlamento espanhol em 23 de fevereiro de 1981, feita por Manuel P. Barriopedro.

Outra fotografia impressionante mostra jovens fazendo a saudação nazista perto do caixão do ditador chileno Augusto Pinochet, do fotógrafo Ian Salas.

A exposição inclui retratos de figuras que marcaram a história da América, na literatura, com Roa Bastos; na política, com Hugo Chávez e Barack Obama; e na sociedade, com Rigoberta Menchú, a primeira mulher indígena do continente a receber o Nobel da Paz.

Entre as fotos históricas está a de um encontro entre Francisco Franco e Adolf Hitler, modificada em 1940 para realçar a figura de ambos.

A Agência Efe foi criada em 3 de janeiro de 1939 em um pequeno escritório em um prédio residencial da cidade espanhola de Burgos. No Paraguai está presente desde 1967.

"A chegada da Efe ao Paraguai marcou uma etapa, impulsionou a imprensa no país em um momento em que apareceram jornais de grande tiragem e canais de televisão, no contexto da ditadura de Alfredo Stroessner", disse Atilio Fernández, primeiro correspondente da Agência em Assunção.

Para comemorar seus 75 anos, a Agência realizou este ano exposições em diferentes cidades da Espanha e da América. A do Paraguai é patrocinada pela multinacional FCC e também recebeu a parceria do Grupo Arcallana, Prosegur, Rochester, Buró Creativo, BBVA e Iberia. A inauguração conta com o apoio de Meet&cheese e Mahou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo