PUBLICIDADE
Topo

República Dominicana recebe exposição de fotos dos 75 anos da Agência Efe

11.out.2014 - Diretor da Agência Efe na América, Alfredo Aycart (centro), e presidente da Efe (à dir.), José Antonio Vera observam fotos da exposição  "EFE, 75 anos em fotos" - EFE.
11.out.2014 - Diretor da Agência Efe na América, Alfredo Aycart (centro), e presidente da Efe (à dir.), José Antonio Vera observam fotos da exposição "EFE, 75 anos em fotos" Imagem: EFE.

13/10/2014 09h06

A Agência Efe inaugurará na noite desta terça-feira (14) em Santo Domingo, na República Dominicana, uma exposição fotográfica para comemorar os 75 anos de existência da empresa com recordações de eventos históricos de todo o mundo.

A exposição "EFE, 75 anos em fotos" será inaugurada no Museu de Arte Moderna (MAM) pelo ministro da Cultura dominicano, José Antonio Rodríguez , pelo presidente da Agência EFE, José Antonio Vera, e pelo embaixador da Espanha na República Dominicana, Jaime Lacadena.

As imagens do evento são uma homenagem à missão do jornalismo de agência, um trabalho que proporciona o conhecimento da realidade de forma profissional, rigorosa e veraz.

A exposição é composta por 75 fotografias da primeira agência de notícias em espanhol do mundo, das quais 50 representam eventos históricos mundiais e 25 são dedicadas exclusivamente à República Dominicana, onde a Agência EFE tem delegação há cerca de 40 anos.

Entre as preciosidades do evento, há fotografias históricas como um encontro em 1940 entre o general Francisco Franco e Adolf Hitler, em plena Segunda Guerra Mundial.

Também é possível observar personagens da cultura latino-americana como o ator mexicano Mario Moreno "Cantinflas", a cantora cubana Celia Cruz, o escritor colombiano ganhador do Prêmio Nobel de Literatura, Gabriel García Márquez, o atual presidente melhor com maior taca de aprovação da América Latina segundo pesquisas internacionais, o dominicano Danilo Medina, entre outros.

Outras imagens disponíveis são relacionadas a acontecimentos históricos como a morte do traficante de drogas Pablo Escobar e o terremoto em Nicarágua, em 1972.

O esporte também marca presença com imagens da final da Copa do Mundo do México, em 1970, e a vitória do Brasil de Pelé; o título da Espanha na África do Sul, em 2010; e o grande desempenho do goleiro da Costa Rica, Keylor Navas, na Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

A mostra inclui momentos importantes das carreiras de personagens da política como o ex-governante cubano Fidel Castro; os presidentes americano, Barack Obama; o boliviano, Evo Morales, e costarriquenho, Luis Guillermo Solís, assim como os ex-líderes dominicanos Rafael Leónidas Trujillo, Joaquín Balaguer e Juan Bosch.

A Agência EFE conta com mais de três mil profissionais distribuídos por todo o mundo, que cobrem mais de 120 países e gera diariamente mais de cinco mil informações em formatos de texto, foto, áudio, vídeo e multimídia.

As fotos das exposição pertencem ao Arquivo Gráfico da EFE, onde são armazenadas mais de 17 milhões de fotos, das quais 12 milhões são analógicas e 5 milhões digitais.

Em 1995, o Prêmio Príncipe das Astúrias de Comunicação e Humanidades reconheceu o trabalho de várias gerações de profissionais da EFE e seus esforços por garantirem as relações entre Espanha e América Latina.