PUBLICIDADE
Topo

"Santa Prassede", de Vermeer, é leiloado por US$ 10,6 milhões

O quadro "Santa Prassede", do holandês Johannes Vermeer  - EFE
O quadro "Santa Prassede", do holandês Johannes Vermeer Imagem: EFE

08/07/2014 15h59

A obra "Santa Prassede" do holandês Johannes Vermeer (1632-1675), uma de duas de suas obras que estavam em mãos privadas, foi leiloada nesta terça-feira (8) na casa Christie's de Londres por US$ 10,6 milhões.

O quadro, que mostra a santa do século II ajoelhada em frente a um recipiente, tinha um valor estimado de entre US$ 10,2 milhões e US$ 13,7 milhões.

Segundo confirmaram recentemente o Rijksmuseum e a Free University, ambos em Amsterdã, a obra, cuja autoria era até então duvidosa, foi pintada por Vermeer em 1655, quando tinha 22 ou 23 anos.

É o único quadro de Vermeer que se encontrava em uma coleção privada, além de "Jovem Sentada ao Virginal", leiloada em 2004 pela Sotheby's por US$ 30 milhões, número que superou quatro vezes o preço de saída.

"Santa Prassede", leiloada na sessão de "Mestres Clássicos e Pintura Britânica" da Christie's, é considerado o primeiro óleo pintado pelo holandês.

O quadro pertencia à coleção privada de Barbara Johnson (1937-2013), esposa do cofundador da empresa farmacêutica Johnson and Johnson, e a arrecadação será destinada à fundação que leva seu nome, que ajuda crianças com autismo.