Entretenimento

Estilistas abusam do P&B no terceiro dia da Semana de Moda Masculina de Milão

23/06/2014 16h03

Roma, 23 jun (EFE).- As jaquetas de motoqueiro (bikers) da Diesel Black Gold dividiram o protagonismo das passarelas de Milão nesta segunda-feira com as camisas de tons escuros da Emporio Armani e com as jaquetas de abotoadura dupla listrada da Gucci, no terceiro dia da Semana da Moda masculina de Milão.

As bikers e os ternos que combinavam jaqueta e calças, quase sempre em tons escuros, foram as propostas da Diesel Black Gold para vestir o homem na próxima temporada primavera europeia.

O preto é o carro-chefe da submarca da Diesel, e está em quase todas as peças. Mas a grife italiana fundada no final dos anos 70 rompe sua uniformidade, com combinações e estampas.

Assim, jaquetas pretas com camisas listradas foram combinadas em contraste com calças jeans vermelhas. A hegemonia do preto só foi rompida nos calçados: tênis esportivos bege e brancos.

Mas no guarda-roupa masculinos também haverá espaço para as jaquetas de couro, desenhadas com detalhes em branco e em vermelho.

Para os mais discretos, a Diesel apresentou também uma coleção em tons mais suaves, com jaquetas bege, de silhueta seca, combinadas com camisas azuis e calças jeans, mas sempre mantendo o preto presente, nos punhos das jaquetas ou nos pés.

A Emporio Armani também apresentou suas escolhas para a moda masculina para o próximo ano.

A coleção jogou com o contraste entre o preto e o branco para vestir o homem, tanto em ternos como em camisas escuras levemente decotadas.

Assim, jerséis brancos com listras, com botões e com formas geométricas, combinaram com calças pretas, ternos escuros, de blazer acinturado.

O trench coat continua a ser, para a Armani, um complemento imprescindível para o dia a dia destes homens, usadas fechadas, com o cinto bem fechado.

Para os dias de verão, a grife apostou em camisas de gola redonda e decote V combinadas com calças escuras de corte acima do joelho.

Entre os acessórios, a Emporio Armani propôs bolsas grandes de alças curtas, cintos de couro escuro e óculos de lentes grandes em tons marrons. Nos pés, mocassins e tênis.

O branco e o preto também foram protagonistas da coleção masculina da Gucci para o próximo ano.

A diretora criativa da grife italiana, Frida Giannini, propõe uma moda com jaquetas e calças de corte reto ligeiramente justas, em preto, branco e listradas a "Beetlejuice".

Mas a Gucci não se limitou ao clássico P&B e a paleta de cores teve ainda vermelhos, bege e azul marinho.

Casacos de botões duplos foram combinados com calças jeans dobradas acima dos tornozelos.

Como complementos, a casa apostou em bolsas trabalhadas até o mínimo detalhe em tons vermelhos, marrons e listradas.

Os mocassins em marrom e branco, e os tênis completaram a imagem masculina do homem da Gucci.

A Fendi encerrou o dia com uma aparente aposta no jeans, que é ofuscada pelas camisas de algodão e casacos de pele e neoprene e estampas que imitam jeans.

Também as calças azuis e bege foram combinadas com camisas pretas e azuis, imagem completada sempre por sandálias frescas que deixam os pés respirarem.

De acessórios, a grife apostou em bolsas grandes, óculos escuros de lentes marrons degradé e chapéus grandes em vermelho e em azul. EFE

lsc/cd/tr

(foto)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo