Entretenimento

Livro sobre Salvador Allende aborda dados inéditos de sua vida sentimental

Fundación Salvador Allende/Reprodução Memoria Chilena
Imagem: Fundación Salvador Allende/Reprodução Memoria Chilena

De Santiago, no Chile

07/06/2014 03h12

Um novo livro lançado no Chile sobre o presidente Salvador Allende (1970-1973) aborda em detalhes e com documentos inéditos seu nascimento, deficiências escolares, vida amorosa e os textos completos de suas cartas mais íntimas.

"Além do mito e da lenda, Salvador Allende assume nestas páginas o lugar que merece como pessoa e protagonista da história universal", afirmou seu autor, o jornalista, advogado e escritor Eduardo Labarca.

"Salvador Allende. Biografia Sentimental" (Edição ampliada e definitiva) segundo destaca sua capa, relata inclusive, um capítulo sobre o filho natural de sua mulher, Hortênsia Bussi.

Em suas páginas se revela que Hortênsia Bussi foi mãe solteira e, segundo o livro, teve que renunciar a seu primeiro filho pela intransigência de Allende.

Em declarações à Agência Efe, Labarca disse que nas páginas deste livro o leitor encontrará também a exibição pública que o presidente fazia de suas múltiplas relações extraconjugais; seu afã por dizer que nasceu em Valparaíso e não em Santiago e muitos outros antecedentes que rompem com alguns mitos que rodeiam a imagem deste emblemático personagem da história do Chile.

"Todos eles estão incluídos nesta edição ampliada e definitiva desta biografia" sustentou Labarca, lembrando que o primeiro livro, editado em 2007, "Salvador Allende. Biografia Sentimental", foi muito bem recebido pela crítica nacional e estrangeira.

Ressalta que esta versão aumentada e definitiva da biografia de Allende traz informação que em seu primeiro livro não conseguiu apurar em definitivo ou não avaliou oportuno publicar.

Na opinião do jornalista e escritor, todos os dados deste novo livro em suas mais de 500 páginas contribuem para a análise da personalidade de Allende, seu consciente e inconsciente.

"Ele liderou uma façanha que alcançou um triunfo efêmero e terminou em derrota e o estudo sem tabus de seus atos e de sua personalidade é indispensável para entender uma período trágico da história do Chile", ressaltou.

Labarca comentou que devido à estreita amizade que manteve seu pai com Salvador Allende, desde pequeno e muito de perto conheceu o líder no Palácio do Governo, em 11 de setembro de 1973, data do golpe militar que liderou Augusto Pinochet.

Afirma que como testemunha privilegiada da vida do presidente publica esta biografia como uma pesquisa que procura apresentar a compreensão e reflexão em torno de um personagem-chave da história do Chile.

"Salvador Allende é um personagem histórico que ficará como a figura do Chile do Século XX. As novas gerações querem conhecê-lo além das paixões que marcaram essa época", concluiu.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo