Moda

Miami Fashion Week quer se posicionar como polo da moda latina

15/05/2014 15h37

A 16ª edição do Miami Fashion Week começou nesta quinta-feira com as novas propostas de reconhecidos estilistas ibero-americanos, em uma passarela que pretende se posicionar como a grande vitrine da moda latina.

O diretor-geral, Álvaro Garnica, explicou à Agência Efe que a prioridade do evento é se transformar na grande reunião do setor para os profissionais latinos da mesma forma que Milão, Paris e Nova York são reuniões iniludíveis para as grandes marcas mundiais.

"O Miami Fashion Week sempre se ocupou um pouco da América Latina e sempre teve um olhar para ela", explicou Garnica.

Agora, porém, seus diretores querem dar um "impulso" para conseguir ser uma "ponte" entre os mercados da "América do Norte, Europa e Ásia com a América Latina porque, afinal de contas, todo mundo quer o mercado latino-americano", explicou.

"Esta pode ser a grande passarela da América Latina, porque aqui há gente da Argentina, Peru, Colômbia, Porto Rico, Panamá", disse a estilista espanhola Ágatha Ruiz de la Prada, que será a encarregada de encerrar os desfiles, no próximo domingo, com sua coleção de verão.

Por sua vez, o estilista Custo Dalmau, proprietário da marca Custo Barcelona, convidado especial deste primeiro dia, explicou à Efe que "Miami é uma cidade dos Estados Unidos, mas que tem muito DNA latino" pela crescente população hispânica que ele considera como um "mercado emergente".

Neste sentido, o diretor-geral Garnica manifestou que sua aposta se baseia em que "Miami é um centro nervoso fundamental", onde "a moda e a beleza são coisas que as pessoas procuram e perseguem".

Apesar da mudança de imagem que fizeram nesta mostra, os organizadores, convencidos do potencial que a "marca Miami" tem, são conscientes de que se trata de uma aposta para futuro, e que levará vários anos para conseguir se consolidar no setor.

"Sabemos que não é uma corrida de um ano, mas de vários anos, mas estamos muito contentes com o projeto", disse Garnica.

Esta edição, que conta com a presença de 37 estilistas, será marcada por "cores muito vivas" que refletem "o caráter e a personalidade de Miami", acrescentou.

No primeiro dia, a marca catalã apresentará "o universo Custo", composto por peças de cores "vivas misturadas com o branco, gamas de azuis, fúcsia e gamas de rosas", para sua versão de verão.

De sua coleção de inverno, a Custo Barcelona também apresentará algumas das tendências atuais com tonalidades mais "convencionais" como "bege, cinza, preto que também vão misturados com texturas de brilho", explicou o estilista.

"Gastamos de misturar as fibras naturais, como o algodão, a seda, o linho e a lã, com as fibras de última tecnologia, porque, de alguma maneira, o que nos interessa é criar uma linguagem nova que provém de misturar o convencional com o mais avançado", disse o convidado estrela da primeira noite de desfile.

Além de Custo Barcelona, nesse primeiro dia também participarão o venezuelano Nicolás Felizola e o colombiano Fabrizio de Castro.

O Miami Fashion Week, realizado no Centro de Convenções de Miami Beach, prevê receber um público de mais de 10 mil pessoas, seguirá na sexta-feira com três classes magistrais dos espanhóis Modesto Lomba, Nuria Sarda e Rosa Tous.

Posteriormente, desfilará a marca colombiana de roupa e acessórios infantis Lola Kids, e serão mostradas as últimas tendências do Peru através das propostas de Escudo, Ana María Guiulfo e Claudia Bertolero.

A forte presença ibero-americana prossegue com os espanhóis Andrés Sardá e Anna Mora; os argentinos Emprendedores de Nuestra Tierra, Cuarto Colorado, Mariana Castro e Agostina Bianchi; o boliviano Paulo Silva, a marca paraguaia Magnolia, o chileno Matías Hernán e a marca brasileira de maiôs, com lojas somente nos Estados Unidos, Sambarela.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Opiniões Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo