Topo

Entretenimento

Festival Ibero-Americano de Teatro de São Paulo homenageia Eva Wilma

João Caldas
Em "Azul Resplendor", Eva Wilma interpreta uma atriz, Blanca Estela, que volta aos palcos depois de 30 anos Imagem: João Caldas

De São Paulo

21/04/2014 18h01

A sétima edição do Festival Ibero-americano de teatro de São Paulo (Festibero), que começa terça-feira (22), no Memorial da América Latina, terá a participação de companhias de sete países e homenageará a atriz brasileira Eva Wilma.

O 7º Festibero --que apresentará até o próximo dia 27 15 espetáculos de Brasil, Espanha, Portugal, México, Argentina, Paraguai e Bolívia-- será inaugurado com a exibição da peça "Azul Resplendor", do dramaturgo peruano Eduardo Adrianzén, dirigida por Renato Borghi e Elcio Nogueira Seixas.

A peça brasileira é protagonizada por Eva Wilma, atriz de 80 anos que em 2014 celebrou seis décadas de trabalho artístico que a consagraram como uma das mais importantes da dramaturgia do país.

Ao lado da atriz, filha de imigrantes alemães, estarão Renato Borgh e Dalton Vigh, entre outros.

A realização do festival ficou em risco por causa do incêndio que destruiu grande parte do Auditório Simón Bolívar, o principal teatro do Memorial da América Latina, no ano passado. Mas os organizadores decidiram fazer o encontro teatral em uma grande tenda de circo.

O Festibero de 2014 também celebra os 25 anos do Memorial, projetado por Oscar Niemeyer, e renderá uma homenagem ao ator Paulo Goulart, quem morreu mês passado.

Os espetáculos internacionais do festival são o português"Aos nossos filhos", o espanhol "Decameron", o argentino "Como Arena Entre las Manos", o boliviano "Y si Te Canto Canciones de Amor", o paraguaio "Emiliano" e o mexicano "A Vivir".

Serão distribuídas gratuitamente nove mil entradas para os seis dias de festival, que reúne todos os gêneros teatrais.

Mais Entretenimento