Entretenimento

Argentina entrega ao Paraguai documentos históricos apreendidos há 5 meses

21/04/2014 17h31

Assunção, 21 abr (EFE).- A Argentina devolveu nesta segunda-feira ao governo paraguaio o lote de documentos históricos que tinham sido interceptados há um mês com um cidadão paraguaio na fronteira, um material de "valor incalculável" que inclui cartas pessoais de José Gaspar de Francia, o "ditador perpétuo" do Paraguai.

Os documentos, datados do século XIX e de meados do XX, foram entregues ao chanceler paraguaio, Eladio Loizaga, por seu colega argentino, Héctor Timerman, durante a visita oficial dele a Assunção.

Com isso se fecha um capítulo aberto em 20 de outubro, quando a alfândega da cidade argentina de Clorinda pediu os documentos ao pesquisador paraguaio Marco Maíz.

O pesquisador, que tinha pegado os documentos emprestados do museu do Ministério da Defesa, o depositário do material, declarou que pretendia levá-los à Argentina para digitalizá-los, diante da impossibilidade de fazê-lo no Paraguai.

Eles foram entregues a Maíz pelo diretor-geral de Defesa da Cultura, Federico Ríos, algo proibido pela regulamentação do departamento, segundo a investigação do Ministério. Ríos foi destituído do cargo.

Os documentos, manuscritos e livros, contêm cartas assinadas por José Gaspar Rodríguez de Francia, ditador do Paraguai entre 1814 e 1840.

As chancelarias do Paraguai e da Argentina se comprometeram hoje a combater o tráfico de bens culturais e a proteger o patrimônio cultural dos dois países, entre outros temas bilaterais abordados na reunião entre Loizaga e Timerman.

De acordo com o comunicado emitido após o encontro, a Argentina entregará ao Paraguai varias objetos pertencentes ao marechal Francisco Solano López, presidente do Paraguai entre 1862 e 1870.

Os pertences foram apreendidos pelas tropas argentinas durante a guerra da Tríplice Aliança (1864-1870), entre Paraguai e Brasil, Argentina e Uruguai, e que terminou com a morte de Solano López.

A cerimônia de devolução dos documentos deve acontecer na província argentina de Entre Ríos, em data ainda a ser confirmada. EFE

jm/cd

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo