Entretenimento

Fernada Lima e Cafu desfilam com uniformes da Copa durante o Fashion Rio

AgNews
Imagem: AgNews

Rio de Janeiro, Brasil

10/04/2014 18h01

Nesta quinta-feira (10), ao ar livre, na Marina da Glória, Rio de Janeiro, foram lançados oficialmente os uniformes dos 14 mil voluntários que trabalharão na Copa do Mundo em um desfile encabeçado por Fernanda Lima, Laís Ribeiro, Cafu, Belletti e as gêmeas do nado sincronizado, Bia e Bianca.

Além deles, 14 voluntários - selecionados entre os 150 mil inscritos - foram escolhidos para mostrar as peças que usarão nos 31 dias de Copa do Mundo.

Desenhado pela Adidas, com conceito visual semelhante ao do projeto gráfico do Mundial, o conjunto é composto por dois kits: um de verão e outro de inverno. As diferenças são por causa das variações climáticas do país.

O uniforme de frio inclui uma calça que vira bermuda, uma camiseta, um casaco, gorro, luvas, tênis e meia. No de verão, em vez dos adereços de frio, um boné e um casaco leve.

Fernanda Lima até arriscou uma embaixadinha para os fotógrafos que registravam o evento. E Cafu, uma das estrelas do desfile e embaixador da Copa, estava bastante desenvolto na passarela. "Ela era verde como o gramado, e isso me deixou bastante confortável", brincou.

Carolina Jordão, de 26 anos, é uma das voluntárias selecionadas. A carioca é estudante de comunicação e disse ter ficado orgulhosa de ter sido escolhida também para apresentar o uniforme.

O ex-lateral direito Belletti, campeão mundial em 2002 e já passou por Barcelona e Chelsea, também encarou uma passarela pela primeira vez. "Ser voluntário mostra como o brasileiro é receptivo e carinhoso, e além de tudo, vão estar muito bem vestidos", disse.

Belletti afirmou estar confiante quanto sobre as chances do Brasil conquistar a taça no Maracanã. Ele acredita que a experiência de participar de uma Copa, desta vez apoiando e incentivando a seleção, assim como os voluntários, "é única e histórica".

Perguntado sobre os problemas que o Brasil enfrenta, Cafu disse que acredita que tudo estará pronto antes do pontapé inicial na Arena Corinthians, que deve ser inaugurada no próximo dia 15, mesmo sem as obras estarem finalizadas. "Vão inaugurar porque tem prazo para inaugurar, mas vai dar tempo de ficar pronto. O importante é não descuidar dos trabalhadores" afirmou.

Sobre os protestos e manifestações, Cafu contemporizou. "Quando o Brasil foi escolhido, há oito anos, todo mundo comemorou. É claro que tem que questionar, cobrar, mas tenho certeza de que vai ter Copa, e dois meses antes do evento acontecer não é hora de polemizar, tem que cobrar mesmo, mas não pode chegar na véspera e fazer isso", disse.

O gerente-geral de serviços da Fifa para a Copa do Mundo, Marcelo Cordeiro, comemorou o número de inscritos. Foram mais de 150 mil de um total de 158 países, a maior parte deles entre 16 e 25 anos. "Esse número é importante, porque mostra também o envolvimento da população com a organização do evento", explicou.

O treinamento dos voluntários já começou. A primeira fase é online, e em maio haverá treinamento presencial nas 12 sedes da Copa do Mundo, que começa em 12 de junho.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo