Entretenimento

Nasa cumprimenta produtores e atores de "Gravidade" pelos prêmios no Oscar

03/03/2014 15h29

Washington, 3 mar (EFE).- Embora "Gravidade" tenha erros e absurdos técnicos sobre a vida e o trabalho no espaço, os astronautas da Estação Espacial Internacional e a Nasa cumprimentaram nesta segunda-feira produtores e atores do filme, premiado com sete Oscar na cerimônia deste domingo.

A agência espacial americana abriu uma seção especial em seu site que inclui um vídeo no qual os astronautas Mike Hopkins, Rich Mastracchio e Koichi Wakata enviaram, a 385 quilômetros da Terra suas saudações aos que participaram de "Gravidade".

Outro vídeo mostra a astronauta Cady Coleman, cumprimentando elenco e equipe de produção de "Gravidade", filmado enquanto ela estava na ISS, de onde conversou com a atriz Sandra Bullock, uma das protagonistas do filme.

A Nasa felicitou todos os envolvidos em "Gravidade" e especialmente o mexicano Alfonso Cuarón por seu Oscar como melhor diretor na 86ª cerimônia de entrega dos Prêmios da Academia, que aconteceu na noite de domingo.

No filme, dois astronautas ficam à deriva flutuando no espaço e lutam para sobreviver depois de uma colisão destruir sua nave.

"Embora este cenário serve para um apaixonante espetáculo de Hollywood, a Nasa trabalha com zelo para proteger seus astronautas e veículos dos perigos mostrados no filme", advertiu a agência.

Em 16 de setembro Coleman e Bullock conversaram, enquanto a ISS orbitava pela Terra a 27 mil km/h, e a atriz pediu à astronauta detalhes da vida no espaço e, em particular, os movimentos em uma situação de falta de gravidade.

"Contei que eu tinha o cabelo longo e que com uma lufada de cabelo você pode se movimentar pela estação espacial", contou Coleman. "Um pouquinho de força basta".

Embora no espaço a cabeleira longa e solta circule livremente, no filme a astronauta interpretada por Bullock mantém o cabelo arrumado como recém-saído do cabeleireiro.

"Este não é um documentário, é um filme", comentou Coleman. "Transporta as pessoas deste planeta para o espaço".

E por não ser um documentário a cena dramática em que o outro astronauta, interpretado por George Clooney, solta a correia que o prende e se afasta flutuando. Na realidade espacial, a menos que algo o empurrasse, um astronauta ficaria flutuando sem se afastar. EFE

jab/cd

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo