Entretenimento

China negocia abertura de centros culturais na Argentina, Chile e Brasil

24/02/2014 08h59

O governo da China negocia a abertura de novos centros culturais na Argentina, Chile e Brasil para ajudar a fomentar o conhecimento sobre o gigante asiático no exterior, anunciou nesta segunda-feira o ministro da Cultura, Cai Wu.

Segundo o ministro chinês, a China, que já conta com 14 centros deste tipo no mundo todo, pretende abrir mais outros 4 ou 5 ainda neste ano, sendo que a meta é chegar aos 50 até o ano de 2020.

"Os países de fala hispana também se mostram fundamentais para o país asiático", destacou o ministro, que confirmou que já iniciou as operações para abrir um centro cultural na Espanha, enquanto outro já começou a ser construído no México.

Além de ter insistido na importância de impulsionar o estabelecimento destas instituições pelo mundo, o ministro da Cultura da China adiantou que sua pasta negociará o financiamento (ou cofinanciamento) dessas iniciativas com os governos locais, uma medida que, segundo ele, pode facilitar a participação de organizações sociais e empresas chinesas no exterior.

"O processo para estabelecer estes centros leva seu tempo; são acordos em nível governamental e recíprocos", assinalou Cai, que explicou que o acordo com a Argentina, Brasil e Chile também oferece a possibilidade que estas nações estabeleçam uma instituição cultural parecida na China.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo