Topo

Entretenimento

Hedi Slimane dá um novo giro, mais clássico, para Saint Laurent

19/01/2014 20h48

Mercedes Álvarez.

Paris, 19 jan (EFE).- O estilista Hedi Slimane encerrou na noite deste domingo a Semana da Moda Masculina de Paris com uma coleção outono-inverno que pode representar um ponto de inflexão em sua polêmica e louvada trajetória em na maison Saint Laurent.

"Acho que é a melhor coleção de Hedi (Slimane) para Saint Laurent e é formidável, magnífica", exclamou Pierre Bergé, que foi companheiro de Yves Saint Laurent e é co-fundador da maison.

O costureiro franco-italo-tunisiano, radicado em Los Angeles, apresentou uma coleção com sua habitual atenção à iluminação e à trilha sonora, com a presença das fiéis Anna Wintour, a influente diretora da Vogue, e da atriz mexicana Salma Hayek, que assistiu ao desfile com seu marido, François-Henri Pinault, presidente do grupo Kering, ao qual pertence Saint Laurent.

O rei das cigarretes e das jaquetas de couro confeccionou calças folgadas de cintura alta, suéteres argyle (a tradicional padronagem de losangos) gola alta e casacos estruturados em "tweed".

Esta mudança rumo a uma elegância tradicional conviveu com o selo de Slimane: o "look" roqueiro, as homenagens à cultura americana e sua predileção pelo chamativo.

Um blazer longo com ombreiras e coberto de lantejoulas verdes, seus múltiplos jogos com as jaquetas de couro - adornadas com tachas e estampas de leopardo e, claro, suas calças skinny ligaram esta coleção a seus trabalhos anteriores.

Será necessário esperar até a próxima Semana da Moda de Paris para saber se Slimane mantém este compromisso no "prêt-à-porter" feminino.EFE

mas/cd

(foto)

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento