Entretenimento

Chineses devem fazer 3,6 bilhões de viagens em "êxodo" de Ano Novo

16/01/2014 11h39

Pequim, 16 jan (EFE).- A China inicia nesta quinta-feira os 40 dias de alta temporada de viagens pelo Ano Novo Lunar - o do cavalo - que todo ano nessa época produz o maior movimento populacional do planeta e nesta ocasião espera-se que gere 3,62 bilhões de viagens, 200 milhões a mais que no ano passado.

O vice-ministro chinês da Comissão de Reforma e Desenvolvimento (órgão nacional de planejamento econômica), Lian Weiliang, destacou ao publicar os números que algumas províncias podem enfrentar problemas logísticos, como o que os viajantes de trem possam comprar bilhetes a tempo.

O êxodo anual acontece porque centenas de milhões de chineses que vivem longe de seus locais de origem retornam nesta época para ver suas famílias para passar juntos o Festival de Primavera, que em 2014 se despede do ano da serpente e dá as boas-vindas ao do cavalo.

A data também é propícia para viagens turísticas, embora a maioria dos que se deslocam seja de imigrantes rurais que no resto do ano trabalham na cidade e estudantes universitários que cursam sua carreira longe de sua cidade natal.

O Ano Novo chinês, que devido ao caráter lunar do calendário oriental cai a cada ano em uma data diferente, nesta ocasião acontece em 31 de janeiro, por isso são esperados grandes movimentos de viajantes nas três semanas anteriores e as três posteriores.

O trem será mais um ano o principal meio de transporte escolhido pelos chineses (calcula-se que um em cada cinco habitantes do país o usará).

Para responder à forte demanda serão usados 337 trens adicionais, anunciou em dezembro a estatal Corporação de Ferrovias da China.

No inverno de 2008, fortes nevadas caíram em todo o país paralisando o transporte ferroviário da China justamente nos dias do Ano Novo Lunar, o que deixou centenas de milhões de viajantes engarrafados e gerou caos em nível nacional.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo