Entretenimento

Família e amigos velam Juan Gelman em estrita intimidade no México

AFP
O poeta e escritor argentino Juan Gelman, morto aos 83 anos Imagem: AFP

Cidade do México

15/01/2014 19h27Atualizada em 15/01/2014 20h43

O corpo do poeta argentino Juan Gelman, falecido na terça (14), foi velado nesta quarta-feira na Cidade do México na mais estrita intimidade por seus amigos próximos e sua família, que ainda não decidiu onde descansará de forma definitiva.

"Será cremado amanhã e, após isso, não se sabe se os restos ficarão de maneira definitiva no México, na Argentina ou em algum outro lugar que Mara Lamadrid (sua viúva) decida", disse à imprensa María Inés Roqué, amiga da família e que atuou como sua porta-voz.

A morte de Gelman (1930-2014) consternou o meio cultural de língua espanhola e hoje gerou uma grande comoção no México, o país onde viveu durante o último quarto de século.

A família do poeta optou por dar um último adeus em privacidade ao autor de "Los poemas de Sydney West" (1969) e agradeceu muito "o interesse da imprensa e toda a solidariedade da imprensa" nestes momentos de dor, declarou Maria Inés.

"Para a família este é um momento muito delicado, muito privado. Pensamos que o melhor é que nos ajudem a divulgar tanto sua obra como sua luta", comentou.

A amiga também confirmou que por enquanto não têm "nem sequer informação nem tomou contato com as autoridades em relação a nenhuma homenagem" ao vencedor do Prêmio Cervantes de Literatura 2007 e Rainha Sofía de Poesia Ibero-Americana 2005.

Paola Stefani, filha da viúva de Gelman, afirmou aos jornalistas que o poeta "sempre declarou que morreria no México" e, no final das contas, "conseguiu".

Emocionada, Paola revelou que Gelman "esteve escrevendo até o último dia" dando a entender que seus arquivos ainda podem reservar surpresas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo