Entretenimento

Morre o pintor português Nadir Afonso, que trabalhou com Niemeyer

Em Lisboa

11/12/2013 16h54

O pintor português Nadir Afonso morreu nesta quarta-feira (11) aos 93 anos após uma longa carreira coroada com colaborações com figuras como Oscar Niemeyer e o franco-suíço Le Corbusier, duas referências da arquitetura do século 20.

Nascido em Chaves (norte de Portugal) em 4 de dezembro de 1920 e falecido hoje em Cascais (arredores de Lisboa), Afonso foi um dos pioneiros da abstração geométrica em seu país.

Ele estudou pintura em Paris, onde colaborou entre 1946 e 1951 com Le Corbusier na elaboração de sua tese doutoral "A Arquitetura não é uma arte", e trabalhou entre 1951 e 1954 no projeto do parque de Ibirapuera, em São Paulo, uma das obras-primas de Niemeyer.

Ganhador do Prêmio Nacional de Pintura de Portugal em 1967, expôs em muitos pontos do planeta, os últimos deles em Roma e Veneza no 2012.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo