Entretenimento

Kate Moss é homenageada pelos 25 anos de carreira na moda britânica

02/12/2013 21h41

Londres, 2 dez (EFE).- A moda britânica concedeu nesta segunda-feira reconhecimento especial à icônica modelo Kate Moss por sua contribuição à indústria durante seus 25 anos de carreira na cerimônia do British Fashion Awards.

A 23ª edição do prêmio aconteceu no London Coliseum, na capital britânica, e premiou a marca londrina Christopher Kane como estilista do ano em moda feminina, o mais importante de uma noite cheia de glamour, modelos e famosos como Harry, do One Direction, elogiado por seu estilo britânico.

A supermodelo Kate Moss, prestes a completar 40 anos, foi uma das grandes protagonistas da noite ao receber um reconhecimento especial entregue pelo estilista americano Marc Jacobs.

Durante sua longeva e bem sucedida carreira, Moss fez 34 capas para a prestigiada revista de moda "Vogue" britânica e, desde 1993, a manequim monopolizou pelo menos uma edição por ano.

Desde que Sarah Doukas, da agência de modelos Storm, descobriu a modelo britânica em 1987, Kate foi imagem das melhores grifes de moda do mundo, como Alexander McQueen, Calvin Klein, Yves Saint Laurent, Christian Dior, Chanel e Louis Vuitton.

Imortalizada por artistas como o escultor Marc Quinn e Lucien Freud, este último quando estava grávida de sua única filha, Lila Grace, seu inconfundível estilo, despojado e sofisticado com claras influências do rock, que se tornou sinônimo da moda britânica em todo o globo.

Além de Kate Moss, quem também recebeu um prêmio especial pela carreira foi a jornalista britânica Suzy Menkes, um dos nomes mais influentes do mundo da moda, que em julho leiloou pela internet parte de seu colorido armário.

Junto com Moss e Menkes, a indústria da moda premiou também "a tremenda contribuição" dos dois fundadores da revista de culto i-D, Terry e Tricia Jones, por sua influência e habilidade para detectar o talento de artistas emergentes no setor.

O prêmio de estilista internacional do ano foi para Miuccia Prada, que concorria com outros grandes nomes como Marc Jacobs e Raf Simons, da Dior, enquanto o de estilista masculino ficou com Christopher Bailey, da Burberry.

Como modelo do ano, um dos prêmios mais esperados da noite, foi escolhida a britânica Edie Campbell, formada em história da arte e aos 23 anos já uma veterana no mundo da moda depois de ter participado de desfiles de Alexander Wang, Marc Jacobs e Victoria Beckham.

Com o prêmio de estilo britânico foi reconhecido Harry, integrante do grupo teen One Direction, o que encheu o Twitter imediatamente de várias felicitações de seus admiradores.

Quanto à melhor marca, entre Alexander McQueen e Victoria Beckham, foi a Burberry que levou o prêmio que procura reconhecer um estilista na Grã- Bretanha com grande repercussão em nível internacional no ano passado abrindo várias lojas, com campanhas dinâmicas e negócios de e-commerce.EFE

prc/cd

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo