Entretenimento

Congresso mundial reúne agências de notícias internacionais em Riad

18/11/2013 11h15

Riad, 18 nov (EFE).- Diretores de agências de notícias de todo o mundo realizam a partir desta segunda-feira, em Riad, a quarta edição de seu Congresso Mundial, no qual analisarão como adaptar sua atividade a uma realidade completamente distinta da qual tiveram como modelo durante mais de um século de existência.

A forma de desenvolver novos serviços e produtos que possam concorrer com outras fontes informativas, além da relação com as redes sociais e outras plataformas digitais, serão algumas das questões que serão analisadas nas sessões de trabalho, previstas para terça e quarta-feira.

Além disso, a IV edição do Congresso Mundial de Agências de Notícias abordará o que outros meios de comunicação esperam das agências e como conservar os valores que dão credibilidade para estes criadores de conteúdos.

O Congresso também analisará a situação das agências de notícias, que querem seguir sendo pedra angular do sistema informativo regional, nacional e mundial, mantendo seu habitual rigor profissional, trabalhando com independência e liberdade.

A inauguração oficial do IV Congresso Mundial de Agências de Notícias será realizada nesta noite com intervenções do ministro de Informação, Cultura e Arte da Arábia Saudita, Abdul-Aziz Khoja, em sua qualidade de patrocinador do evento, e do presidente da anfitriã Agência Saudita de Imprensa (SPA), Abdulah Bin Fahad Al Hussain.

Juan Manuel Fonrouge, em representação da argentina "Télam", que preside o Conselho Mundial de Agências desde a reunião realizada na Argentina em 2010.

"Esperamos que o Congresso de Riad seja um êxito; 75 agências dos cinco continentes confirmaram sua participação", declarou hoje à Agência Efe um dos organizadores da reunião internacional, que pela primeira vez será realizada em um país árabe.

As agências de notícias, que se agrupam há décadas em organizações continentais, realizaram seu primeiro congresso mundial em 2004, em Moscou, a partir de uma iniciativa da "Itar-Tass".

O segundo aconteceu em 2007, em Estepona, na Espanha, o qual foi organizado pela Prefeitura da cidade malaguenha em conjunto com Agência EFE, enquanto o terceiro foi convocado pela argentina "Télam" e ocorreu em 2010, entre Buenos Aires e Bariloche.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo