Entretenimento

Transgressora obra de Warhol "Silver Car Crash" será leiloada em NY

Nova York (EUA)

04/10/2013 16h52

Uma das obras mais icônicas de Andy Warhol, "Silver Car Crash (Double Disaster)", provocadora tentativa de unir arte e morte, será leiloada dia 13 novembro pela Sotheby's, que espera chegar a um preço final maior que US$ 60 milhões, anunciou a casa de leilões nesta sexta-feira (4).

A pintura, de tamanho monumental, tem 2,4 metros de comprimento e 3,9 metros de altura, pertence a um dos quatro trabalhos da "Car Crash" da série "Death and Disasters", e é a única que ainda permanece em mãos privadas, afirmou a Sotheby's.

Este quadro teve proprietários ilustres, como o fotógrafo Ghunter Sachs, o empresário publicitário Charles Saatchi e o famoso marchand suíço Thomas Amã.

Além disso, desde 1988 a pintura esteve na mesma coleção, e só foi exposta ao público uma vez nos últimos 26 anos.

O diretor de arte contemporâneo da Sotheby's, Tobias Meyer, comentou que "Silver Car Crash (Double Disaster)" é um trabalho de "grande escala e ambição" como também é considerado "Guernica", de Picasso, ou "A Balsa da Medusa", de Théodore Géricault.

Para muitos, as séries "Death and Disaster" são a conquista artística mais significativa de Warhol (1928-1987), considerado pai e expoente máximo da pop art.

Nas imagens consecutivas que aparecem na obra se captam muitos aspectos que definiram a carreira artística de Warhol, como o poder dos meios de comunicação para transformar algo anônimo em celebridade e a indiferença diante da morte na era atual.

Talvez não seja coincidência que a obra, criada na década dos anos 60, fosse criada no mesmo momento que muitas celebridades retratadas por ele, como Elizabeth Taylor, Marilyn Monroe e Jackie Kennedy, conheceram a morte de perto.

Temática transgressora
A temática de Warhol em "Silver Car Crash (Double Disaster)" foi considerada totalmente transgressora na época, por capturar imagens de um veículo que bate com uma árvore, e que traz uma tristeza dramatizada o metal deformado e um corpo humano retorcido enquanto a pintura de prata reflete, criando um jogo de luz e sombra.

As outras três obras de Warhol de "Car Crash" da série "Death and Disasters" pertencem a diferentes museus. "Orange Car Crash 14 Times" está no Museu de Arte Moderna de Nova York, "Black and White Disaster #4", no Kunstmuseum da Basileia (na Suíça), e "Orange Car Crash", no Moderner Kunst Stiftung, de Viena.

Andy Warhol também protagonizará a venda pública de arte contemporânea de outra grande casa de leilões, Christie's. Em 12 de novembro venderá um dos poucos quadros produzidos à mão e que tem a Coca-Cola como motivo. A peça também pretende alcançar US$ 60 milhões.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo