PUBLICIDADE
Topo

Vídeo contra Putin é transmitido por engano em canal do Governo russo

07/08/2013 14h35

Moscou, 7 ago (EFE).- O telejornal do governo russo Vostochniy Express (Urais) transmitiu nesta quarta-feira, por erro, um vídeo de dois minutos no qual faz uma dura crítica ao presidente russo, Vladimir Putin.

De acordo com alguns meios de imprensa russos, o vídeo entrou no ar "graças" a uma sabotagem de um dos redatores do jornal, que travou uma batalha com a direção do canal e que foi demitido.

"A era de Putin trouxe à Rússia críticas de todas as organizações de direitos humanos internacionais. Os jornalistas Anna Politkovskaya e Natalia Estemíroca foram assassinadas. O advogado Sergei Magnitski morreu. Atrás das grades está o empresário Mikhail Khodorkovski", dizia a voz em off que acompanhava o vídeo.

Com Putin, "a liberdade de imprensa, de reunião e a liberdade em geral não são bem-vindas. A corrupção na era Putin alcançou níveis inimagináveis. Hoje, os subornos na Rússia estão no mesmo nível que o Togo e Uganda", continuava o vídeo antes da transmissão ser cortada.

O site russo "News.ru" afirma que o vídeo foi feito pelo canal georgiano PIK, que é transmitido em russo após a guerra em agosto de 2008 pelo controle da região separatista da Ossétia do Sul.