Entretenimento

Dominguinhos morre aos 72 anos em São Paulo

23/07/2013 21h13

São Paulo, 23 jul (EFE).- O músico Dominguinhos morreu nesta terça-feira, aos 72 anos, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, após seis anos de luta contra um câncer de pulmão.

O hospital, onde o músico estava internado desde dezembro passado, comunicou que Dominguinhos morreu por "complicações infecciosas e cardíacas".

O rei do acordeão, título que herdou de seu mentor, Luiz Gonzaga (1912-1989), levou a todo o mundo o ritmo do forró e seu trabalho foi reconhecido em 2002 com o Grammy Latino de melhor canção brasileira por sua composição e interpretação de "Tristesse".

Além de seu trabalho com as raízes do forró, José Domingos de Morais fundiu suas composições com o jazz, o tango e a bossa nova.

Em sua carreira, o músico trabalhou com artistas como Chico Buarque, Gal Costa, Gilberto Gil, Maria Bethânia, Elba Ramalho, Djavan e Toquinho, entre outros.

Dominguinhos estava há seis anos lutando contra um câncer e, apesar da doença, participou ativamente no ano passado nas celebrações pelo centenário do nascimento de Gonzagão, que o descobriu em 1949, quando aos oito anos o cantor tocava nas ruas de sua cidade natal, Garanhuns.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo