Entretenimento

Ilegalidades em escola de cinema cubana causam prisões e renúncia de diretor

08/07/2013 21h24

Havana, 8 jul (EFE).- Irregularidades financeiras descobertas na Escola Internacional de Cinema e Televisão de San Antonio de los Baños (EICTV), em Cuba, provocaram a detenção de três funcionários, a renúncia do diretor e o adiamento da entrada de novos alunos, segundo fontes da instituição.

Fundada em 15 de dezembro de 1986 como filial da Fundação do Novo Cinema Latino-americano (FNCL), a EICTV, comandada pelo escritor colombiano Gabriel García Márquez, é considerada uma das instituições mais importantes do tipo no mundo.

Uma inspeção fiscal realizada em uma loja do Ministério de Cultura revelou que três empregados roubavam bebidas do local, onde os preços são mais baixos que os estabelecidos, e as revendiam a bares e restaurantes particulares, segundo o site "La Jiribilla".

O vice-ministro de Cultura, Fernando Rojas, detalhou nessa entrevista que as autoridades detectaram um "aumento da oferta de compras por atacado" na região de San Antonio de los Baños, cidade localizada a 37 quilômetros de Havana e onde fica a escola.

Rojas declarou que há outras "irregularidades", associadas em sua maioria a "descumprimentos" de disposições da escola e de diversas leis estatais cubanas, que "aumentaram" as despesas do centro.

O político também citou outros episódios, como o pagamento de salários "indevidos", saques bancários realizados "sem a autorização correspondente" e despesas "injustificadas" que não têm relação com a atividade docente.

Rojas disse que o Ministério de Cultura "trabalhará com a Escola para poder cobrir as despesas previstas" e assegurou que nada será "muito afetado" com relação ao funcionamento do local.

O promotor chefe da província de Artemisa, Arnel Hernández, informou professores e alunos do resultado da investigação.

Fontes da Escola de Cinema confirmaram que o diretor e produtor guatemalteco Rafael Rosal Paz deixou o cargo, e que nos próximos dias o Conselho da Fundação do Novo Cinema Latino-americano definirá seu substituto.

Além disso, a entrada de novos estudantes foi adiada até 2014, após a situação ocorrida nas últimas semanas, segundo uma fonte acadêmica do centro.

A EICTV tem atualmente 112 estudantes matriculados, e no dia 22 deverá ter 36 novos profissionais graduados, de 17 países diferentes.

Em 2012, a escola graduou 770 alunos de 55 países, que já tiveram seus filmes expostos em diversos festivais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo