Entretenimento

Larry King é contratado como apresentador por canal russo internacional

29/05/2013 11h55

Moscou, 29 mai (EFE).- O lendário apresentador americano Larry King foi contratado pelo canal "Russia Today" (RT) para um programa de entrevistas que começará a ser transmitido no começo de junho, anunciou nesta quarta-feira a direção da emissora internacional russa.

"Amigos, temos um novo apresentador. Não vão desmaiar, por favor. É algo que não poderia imaginar há 20 anos, quando era uma menina. Enfim, Larry King trabalha conosco", escreveu a diretora da RT, Margarita Simonián, de 33 anos, em seu Twitter.

Um comunicado do canal de televisão, que é transmitido em todo mundo em inglês, espanhol e árabe, diz que o programa do popular apresentador se chamará "Larry King Now" e poderá ser assistido a partir de junho.

"Sempre senti um grande interesse pelo funcionamento do Estado e, em geral, por tudo aquilo que influencia na sociedade. Portanto, estou muito contente de ter a possibilidade de tratar temas políticos com alguns dos personagens mais influentes em Washington e de todo o país", disse King, citado pelo RT.

O homem, que é um marco na história da televisão americana após dirigir durante 25 anos um programa de entrevistas na "CNN", apontou que espera "com impaciência oferecer ao público, junto com o RT América, essas conversas e entrevistas no "Larry King Now".

"Estamos muito contentes de colaborar com Larry King, que é uma autêntica lenda da televisão. Sempre faz perguntas diretas e incomuns para seus entrevistados, seja um presidente, empresário ou estrelas do mundo do espetáculo", disse Simonián.

O programa de King na "CNN", que entrou no "Guinness Book" por ser transmitido durante 25 anos consecutivos, deixou de passar na televisão em 2011.

Durante sua extensa carreira, o agora apresentador do RT, de 79 anos de idade, conduziu cerca de 50 mil entrevistas e recebeu vários prêmios, entre eles um Emmy e dois Peabody.

Há um ano, o canal de televisão russo contratou o polêmico fundador do Wikileaks, Julian Assange, para fazer dez programas de entrevistas.

Assange, que gravou os programas enquanto permanece refugiado na embaixada do Equador em Londres, fez a primeira entrevista com o líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah, a primeira concedida por ele em seis anos.

O RT, canal que oferece transmissões em inglês, espanhol e árabe, foi criado para promover a imagem da Rússia no exterior.EFE

aep/ff

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo