PUBLICIDADE
Topo

Atriz Tilda Swinton se transforma em obra de arte viva no "Moma"

25/03/2013 20h13

Nova York, 25 mar (EFE).- A atriz britânica Tilda Swinton se transformou em uma obra de arte viva nesta segunda-feira no Museu de Arte Moderna (Moma) de Nova York, onde apareceu inesperadamente dentro de uma caixa de vidro, como parte da performance "The Maybe".

Perante o olhar curioso do público, a atriz - que ganhou o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 2008 por sua atuação no filme "Conduta de Risco" - permaneceu deitada em um colchão dentro de uma grande urna de vidro no segundo andar do Moma sem se mexer.

"The Maybe" procura se utilizar do "elemento da casualidade" e, por isso, o museu da 'Big Apple' decidiu não divulgar esta nova obra de arte viva, nem distribuir para a imprensa imagens ou comunicados sobre a performance, que se repetirá "periodicamente" ao longo deste ano.

Assim, "se a encontrarem em exposição será por acaso, viva e em tempo real: agora a vemos, agora não a vemos", afirmou o museu em uma breve declaração.

A atriz já havia realizado a performance em um outro andar do museu no último sábado. Ao lado da obra "The Maybe", havia uma placa com a descrição: "Artista viva, vidro, aço, colchão, travesseiro, linho, água e espetáculos".

Tilda Swinton apresentou esta "performance" pela primeira vez em 1995 na galeria "Serpentine", em Londres, e um ano depois a levou ao Museu Barracco em Roma.