Topo

Entretenimento

Brasileiros se entregam ao carnaval em várias capitais do país

09/02/2013 17h03

Jaime Ortega Carrascal

Rio de Janeiro, 9 fev (EFE).- Os brasileiros se entregaram às celebrações do carnaval neste sábado com grandes festas em todo país, diversão que será prolongada até a próxima quarta-feira.

No Rio de Janeiro, milhares de pessoas foram às ruas para dançar, beber e se divertir com os "blocos" que nesta época do ano percorrem todos os cantos da cidade.

O "Cordão da Bola Preta", o maior de todos os blocos, desfilou na avenida Rio Branco com uma multidão de seguidores e os organizadores esperam que conte com 2,5 milhões de pessoas para que seja reconhecido como o maior bloco de carnaval pelo Livro dos Recordes, do Guinness Book.

Todos os tipos de fantasia, como piratas, super-heróis, personagens de contos de fada, vinkings, Maria Bros, dançarinas árabes, bombeiros, enfermeiras, policiais, marinheiros e anjos, se misturaram entre a multidão que lotou a avenida Rio Branco e suas imediações.

"O carnaval do Rio só começa quando o Bola Preta vai para a avenida. O Bola é instituição do Rio e nos sentimos muito honrados por isso", disse a jornalistas o presidente do bloco, Pedro Ernesto, antes do início do grande desfile.

Mais cedo, no boêmio bairro de Santa Teresa, outra multidão com vestindo todos os tipo de fantasias se juntou aos músicos do bloco "Céu na Terra", que percorreu as ladeiras do bairro.

"Cordão da Bola Preta" e "Céu na Terra" são dois dos 492 blocos autorizados pela Prefeitura do Rio de Janeiro a se apresentarem durante os cinco dias do carnaval, que alcançará seu apogeu nas noites de domingo e segunda-feira com o esplendoroso desfile das escolas de samba.

Multidões tomaram também as ruas de cidades do nordeste do país, como Salvador, Recife e Olinda, cujos carnavais concorrem em prestígio e popularidade com o do Rio de Janeiro.

Em Salvador a festa começou a noite da quinta-feira com os "trios elétricos" sem parar nos dois circuitos criados especialmente para o carnaval.

Salvador se rendeu na noite da sexta-feira ao "Gangnam Style" do sul-coreano Psy, que se apresentou no trio de Claudia Leite.

Emocionado com a experiência, Psy publicou neste sábado uma mensagem em seu Twitter na qual diz que nunca esquecerá "essa energia do samba".

Recife foi invadida pelo Galo da Madrugada, um bloco com um galo gigantesco atrás do se amontoam cerca de 2,5 milhões de pessoas ao som do frevo e outros ritmos da região.

O Galo da Madrugada é o rival a ser batido pelo "Cordão da Bola Preta" em sua tentativa de se transformar no maior bloco carnavalesco do Guinness Book.

Também em São Paulo o carnaval paralisou as atividades e os olhares se voltaram para o sambódromo do Anhembi, onde na noite de ontem começaram os desfiles das escolas de samba da cidade.

O primeiro desfile, que terminou na manhã deste sábado, esteve repleto de homenagens às estrelas da música do Rio de Janeiro, como Beth Carvalho, João Nogueira e Mário Lago pelas escolas Acadêmicos de Tatuapé, Águia de Ouro e Mancha Verde, respectivamente.

Os desfiles em São Paulo continuarão na noite deste sábado com a apresentação das escolas Nenê de Vila Matilde, Gaviões da Fiel, Mocidade Alegre, Tom Maior, Unidos de Vila Maria e Acadêmicos do Tucuruvi.

Amanhã será a vez das grandes escolas do carnaval do Rio de Janeiro, que hoje faziam os últimos ajustes nos carros alegóricos e nas fantasias que serão apresentadas na Marquês de Sapucaí.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento