Entretenimento

Tela de Rothko é arrematada por US$ 67 milhões em Nova York

14/11/2012 00h39

O quadro de Mark Rothko "No.1 (Royal Red and Blue)" foi arrematado nesta terça-feira (13) por US$ 67 milhões em um leilão da casa Sotheby's em Nova York, no qual também foram vendidas obras de Jackson Pollock, Francis Bacon e Andy Warhol.

  • Sotheby's/EFE

    Obra "No.1 (Royal Red and Blue)", de Mark Rothko, foi vendida por US$ 67 milhões em um leilão em Nova York (14/11/12)

A obra foi pintada por Rothko em 1954 e se enquadra em um período considerado como o apogeu da carreira deste mestre do expressionismo abstrato americano.

"O tamanho, a qualidade, o estado de conservação e as cores tão comerciais faziam deste quadro um candidato ideal para alcançar um preço recorde", explicou à Agência Efe Augusto Uribe, porta-voz da Sotheby's.

"No.1 (Royal Red and Blue)" faz parte de uma série de oito trabalhos que foram selecionados pelo próprio autor para integrar uma exibição individual realizada em 1954 no Instituto de Arte de Chicago, a qual representou um marco na trajetória do artista.

A obra permaneceu na mesma coleção durante os últimos 30 anos, e sua venda constitui "um grande acontecimento", segundo Uribe, já que as pinturas de Rothko não costumam aparecer em leilões.

No segundo trimestre deste ano, uma tela do artista intitulada "Laranja, Vermelho, Amarelo" foi vendida pela casa Christie's por US$ 86,8 milhões.

Outras obras referentes ao expressionismo abstrato alcançaram grandes valores, como "Number 4, 1951", de Pollock, que foi vendida por US$ 36 milhões.

"Untitled (Pope)", de Bacon, encontrou um comprador por US$ 26,5 milhões, após ter permanecido na mesma coleção privada desde 1975.

Já "Abstraction", de Willem de Kooning, saiu por US$ 17,5 milhões, enquanto "Abstraktes Bild (712)", de Gerhard Richter, foi arrematada por US$ 15,5 milhões.

Warhol foi representado no leilão por "Green disaster" e "Suicide", quadros pertencentes a sua provocativa série "Morte e desastre" e que foram vendidos, respectivamente, por US$ 13,5 milhões e US$ 14,5 milhões.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo