Entretenimento

Estreia primeira novela ambientada em comunidade pacificada

Divulgação/TV Globo
Elenco tem Rodrigo Lombardi, Nanda Costa e Flávia Alessandra Imagem: Divulgação/TV Globo

22/10/2012 20h51

Uma das comunidades pacificadas do Rio de Janeiro, livre do domínio do tráfico de drogas, será o cenário pela primeira vez de uma telenovela, "Salve Jorge", que começa nesta segunda-feira (22) na Rede Globo.

O cenário é o Complexo do Alemão, uma extensa área de favelas que há menos de dois anos estava dominada por grupos armados de narcotraficantes e que, após a ação de centenas de militares e policiais, se transformou em um laboratório de programas sociais.

Com uma população de cerca de 70 mil pessoas, o complexo será o lar de "Morena", uma das protagonistas da novela que começa com o desafio de substituir a popular "Avenida Brasil", que terminou na sexta-feira passada com elevados índices de audiência.

O tema das favelas já foi tratado em outras novelas, mas nunca uma história tinha sido ambientada em uma comunidade em processo de pacificação.

As cenas externas de "Salve Jorge" foram gravadas no Complexo do Alemão, enquanto no Projac - o centro de produção da rede "Globo" - foram reproduzidas 14 edificações do bairro em uma área de 1.800 metros quadrados, segundo o canal de televisão.

O governo do Rio de Janeiro, que é o responsável pela política de pacificação das favelas, informou que para retratar com fidelidade os moradores do Alemão, a equipe de produção enviou profissionais ao complexo em busca de peculiaridades e histórias interessantes. Inclusive, alguns moradores da comunidade vão atuar na novela.

Entre eles estão René Silva, fundador do blog e do jornal "Voz da Comunidade", e o vendedor de livros Otávio Júnior, que vai de porta em porta para difundir o hábito da leitura entre os moradores da comunidade.

"É a primeira vez que uma favela é protagonista de uma novela, isso é muito significativo", disse Silva em seu Twitter, que também destacou que ações como essa, "aumentam a auto-estima de todos nós, os moradores".

A autora da telenovela, Gloria Pérez, disse que o "resgate" da população, "reprimida por bandidos durante tantos anos", a impressionou e emocionou.

"Do Alemão veio a ideia de força, de gente guerreira, de pessoas que conseguem sobreviver em condições tão adversas durante tanto tempo", explicou Glória.

A outra parte da história transcorre na Capadócia (Turquia), onde uma equipe do canal de televisão permaneceu 45 dias gravando imagens para a trama.

"São lindas as imagens da Turquia. Quero que (a história) emocione e que faça refletir", acrescentou Glória no site da telenovela.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo