Entretenimento

Liao Yiwu considera Nobel de Literatura 2012 um "canalha" a serviço do regime chinês

Sean Gallup/Getty Images
Escritor Liao Yiwu posa no Haus der Berliner Festspiele durante o Festival Internacional de Literatura de Berlim (17/8/11) Imagem: Sean Gallup/Getty Images

12/10/2012 07h55

Berlim, 12 out (EFE).- O escritor chinês Liao Yiwu, considerado como o poeta do massacre de Tianamen, atacou nesta sexta-feira duramente o Prêmio Nobel de Literatura 2012, seu compatriota Mo Yan, a quem qualificou de "canalha" e de intelectual do regime.

"Mo Yan há poucos meses organizou um ato com cem escritores no qual cada um deles transcreveu um texto de Mao como mostra de fidelidade ao regime. Isso lhes dá uma ideia do personagem, é um canalha", disse Liao na Feira do Livro de Frankfurt.

Liao receberá no domingo o Prêmio da Paz dos Livreiros Alemães por causa de sua denúncia permanente contra a opressão na China que lhe custou passar quatro anos na prisão e o forçou posteriormente a ir para o exílio em Berlim.

Nesse sentido, Liao Yiwu representa uma concepção abertamente política da literatura e se vê a si mesmo como o extremo oposto de Mo.

"Há muitos parâmetros segundo os quais se pode medir um escritor. Mas a China é uma ditadura e em uma ditadura um escritor não pode deixar de lado a moral", acrescentou o escritor.

Liao soube da concessão do Prêmio Nobel para Mo Yan quando já estava no trem que o levaria de Berlim a Frankfurt o que o fez lembrar outra situação similar quando, na primeira vez que esteve na Alemanha e no mesmo trajeto ferroviário, soube do Prêmio Nobel da Paz para Liu Xiabo.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo