Topo

Entretenimento

Blogueira cubana Yoani Sánchez é libertada após 30 horas de detenção

05/10/2012 23h47

Havana, 5 out (EFE).- A blogueira cubana Yoani Sánchez e os jornalistas independentes Reinaldo Escobar, seu marido, e Agustín López já foram libertados e se encontram em Havana, confirmou a própria na noite desta sexta-feira através do Twitter.

"Acabamos de ser libertados. Trinta horas de detenção e muitas lembranças para contar", escreveu Yoani Sánchez, autora do blog "Geración Y".

Yoani, Escobar e López foram detidos na tarde de quinta-feira quando tentavam chegar à cidade oriental de Bayamo para assistir ao julgamento realizado hoje contra o espanhol Ángel Carromero, acusado de "homicídio imprudente" pela morte dos opositores Oswaldo Payá e Harold Cepero em um acidente de trânsito ocorrido em julho.

"Já fomos libertados. Graças a todos os que levantaram sua voz e seus tweets para que conseguíssemos voltar para casa", acrescentou a blogueira, que contou ter se negado a comer e beber água durante a detenção.

A blogueira é conhecida por suas posturas críticas ao regime cubano, pelo que as autoridades da ilha a avaliam como parte dos "contra-revolucionários cibernéticos fabricados" pelos Estados Unidos.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento