Entretenimento

Saint Laurent e Dior, os desfiles mais esperados de Paris

24/09/2012 23h29

Paris, 24 set (EFE).- A Semana de Moda de Paris que começa amanhã, terça-feira, aguarda com ansiedade e esperança a volta às passarelas de Hedi Slimane, à frente da Saint Laurent Paris, e os modelos de "prêt-à-porter" de Raf Simons para Christian Dior.

A passarela da capital francesa, que mostrará as criações para a próxima primavera-verão, como já fizeram Nova York, Londres e Milão, atrai os olhares do mundo inteiro graças à saída de dois velhos conhecidos de gigantes da moda que hoje têm novas assinaturas.

Passaram-se cinco anos desde que Slimane, que se destacou com suas coleções masculinas para Yves Saint Laurent e Dior, trocou a costura pela fotografia.

Nenhuma oferta parecia tentadora o suficiente para o estilista que fez o look andrógino e o ar roqueiro masculino voltarem à cena, até que Yves Saint-Laurent lhe propôs tomar as rédeas da casa, em substituição ao italiano Sandro Pilati.

Apesar de que seus croquis só serão divulgados na próxima segunda-feira, 1º de outubro, as primeiras mudanças já se fazem notar.

A primeira delas foi ter alterado o nome da marca, de "Yves Saint Laurent" para "Saint Laurent Paris", em homenagem ao nome com que o costureiro desfilou pela primeira vez em 1966, "Saint Laurent Rive Gauche".

Outro mistério que tem atraído interesse é a próxima coleção feminina de "prêt-à-porter" de Christian Dior, desenhada por Raf Simons.

O costureiro belga assumiu o cargo de diretor artístico após o afastamento de John Galliano, que foi demitido por seus polêmicos comentários antissemitas, e por enquanto só apresentou seus modelos para a alta costura.

Cerca de 100 grifes mostrarão seus desenhos em um calendário intenso que durará nove dias, até 3 de outubro.

Paralelamente haverá os muitos desfiles "off", entre os quais estão diferentes espaços, como o "showroom" de Eric Tibusch, que após seu assentamento na alta costura, mostrará publicamente sua primeira coleção de prêt-à-porter.

O Museu de Orsay inaugura amanhã, coincidindo com o primeiro dia de desfiles, a exposição "O Impressionismo e a Moda", que, através da arte, percorre o trajeto da moda da segunda metade do século XIX.

Na mostra, os quadros de Claude Monet, Eduard Manet, Edgar Degas e Pierre-Auguste Renoir serão expostos ao lado de roupas originais da época, que mostram o estilo do período histórico retratado pelos impressionistas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo