Entretenimento

Em reforma, Museu Van Gogh transfere suas obras ao Hermitage de Amsterdã

AP Photo/Cris Toala Olivares
Curadores colocam a obra "Sunflowers", de Vincent van Gogh, em um carrinho de transporte no museu Van Gogh, em Amsterdã (23/9/12) Imagem: AP Photo/Cris Toala Olivares

24/09/2012 10h34

Haia, 24 set (EFE).- O museu Van Gogh de Amsterdã fechou suas portas ao público nesta segunda-feira para realizar uma reforma de suas instalações, a qual se estenderá até o início de maio, mas as obras mais conhecidas do famoso pintor holandês seguirão expostas no Hermitage da capital holandesa.

"Trata-se de uma pequena reforma de caráter técnico para atendermos a lei de segurança do edifício. A retirada de toda a coleção é porque também renovaremos toda a instalação climática que mantém os quadros na temperatura adequada", explicou hoje à Agência Efe a porta-voz do museu, Ingrid Looijmans.

No entanto, os amantes da obra do pintor Vincent Van Gogh (1853-1890) poderão contemplar seus quadros mais conhecidos em outra pinacoteca de Amsterdã, o Hermitage - uma filial do famoso Hermitage de São Petersburgo, na Rússia.

"Selecionamos um total de 75 obras, entre elas os quadros mais conhecidos de Van Gogh e os mais queridos pelo público, assim como alguns trabalhos em papel e cartas", explicou Ingrid.

"Não é que organizamos uma exposição no 'Hermitage'. Nos mudamos temporariamente para uma de suas asas para que o público possa seguir desfrutando da obra de Van Gogh", assinalou a porta-voz.

Ingrid também afirmou que a mudança temporária do Van Gogh dará uma "oportunidade única aos amantes da arte", já que as obras do conhecido artista holandês "serão mostradas paralelas a uma exposição dedicada aos impressionistas".

A restauração do museu Van Gogh sucede a realizada no Rijsksmuseum, que, após 12 anos de reforma, voltará a ser reaberto no próximo mês de abril, e a do museu Stedelijk, que foi reinaugurado no último fim de semana.

As obras estão administradas pela instância responsável da manutenção dos edifícios públicos, Rijksgebouwendienst, cuja porta-voz, Caroline Acherbos, preferiu não especificar os custos totais dessa reforma para não atrapalhar os processos de licitação que ainda estão abertos.

A reabertura oficial do museu Van Gogh está prevista para ocorrer no início de maio de 2013.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo