Entretenimento

Festival Londres 2012 dissemina arte e cultura nos Jogos Olímpicos

03/08/2012 12h52

Em paralelo às competições dos Jogos Olímpicos, o Festival Londres 2012 apresentará neste fim de semana uma série de eventos culturais gratuitos em toda a capital britânica, que incluem arte, literatura, escultura, dança e fotografia.

Em comunicado, a diretora do Festival Londres 2012, Ruth McKenzie, indicou que o programa, que destaca mais de 12 mil eventos em todo o Reino Unido, "oferece atividades artísticas de forma gratuita seguindo o mesmo nível das competições".

Dentro desta ampla seleção de exposições, muitas já inauguradas, a Sala das Turbinas da Tate Modern abriga uma instalação interativa do anglo-alemão Tino Sehgal. Nesta, o artista estimula o contato entre seus personagens e o público através do diálogo, da dança, do som e do movimento.

Já a Whitechapel Gallery, situada ao leste da cidade, apresenta ao público a exposição da artista britânica Rachel Whiteread, intitulada "Tree of Life".

Além disso, os amantes dos automóveis poderão contemplar uma mostra, montada em um estacionamento no bairro de Shoreditch, sobre a história do automobilismo: "Art Drive! Art Car Collection 1975-2010", que destaca carros BMW personalizados por artistas como David Hockney, Jeff Koons, Roy Licntenstein, Robert Rauschengerb e Andy Warhol.

No Museu Britânico, a exposição "London 2012 Olympic And Paralympic Medals" narra a história da produção das medalhas que estão sendo usadas nesta edição dos Jogos Olímpicos.

A Royal Opera House, em Covent Garden, também traz uma mostra dedicada à história dos Jogos Olímpicos: "The Olympic Journey: The Story of the Games", enquanto a National Gallery, na cêntrica Trafalgar Square, abriga há dias a mostra "Metamorphosis: Titian 2012".

Ainda dentro da temática Olímpica, a National Portrait Gallery exibe uma coleção de 40 retratos dos principais protagonistas dos Jogos de Londres, como o presidente do comitê organizador, Sebastian Coe, e o cineasta Danny Boyle, responsável pelas cerimônias de abertura e encerramento.

Outro evento que também chama atenção é o de Jeremy Deller, ganhador do Prêmio Turner. Com uma instalação interativa e ao ar livre, intitulada "Sacrilege", o artista apresenta uma réplica das ruínas de Stonehenge para adultos e crianças em pleno coração de Londres.

Além das atividades citadas, o programa do Festival Londres 2012 ainda inclui o pavilhão de verão criado pelos arquitetos Herzog & de Meuron e pelo artista chinês Ai Wei Wei - autores do famoso "Ninho" dos Jogos Olímpicos de Pequim - na Galeria Serpentine, em Hyde Park, e a mostra "The Photographers's Gallery", que traz 204 retratos de atletas de cada uma das nacionalidades presentes nos Jogos.

Outros destaques do festival cultural são: um "labirinto literário", criado pelos artistas brasileiros Gualter Pupo e Marcos Sabóia, formado por 250 mil livros no Royal Festival Hall e uma seleção de obras teatrais infantis em vários teatros do West End.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo