Topo

Entretenimento

"Brasil transpira energia e otimismo", diz escritor Javier Cercas

Diculgação
Javier Cercas encerrou nesta quarta-feira (11) sua primeira visita ao Brasil Imagem: Diculgação

11/07/2012 15h51

O escritor espanhol Javier Cercas afirmou nesta quarta-feira (11) que é compreensível enxergar como a Europa, imersa em uma "crise permanente", começa a julgar melhor o Brasil, já que o país é um lugar que "transpira energia e otimismo".

Cercas, que concluiu sua primeira visita ao Brasil em São Paulo, se mostrou entusiasmado com a relação entre o público brasileiro e a literatura.

O intelectual espanhol foi um dos destaques da recém-concluída Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), considerada o principal festival das letras do país.

O escritor qualificou como "extraordinário" o ambiente do festival e, ao redor de "curiosos leitores", afirmou que algo assim seria "inimaginável na Europa".

Cercas também fez questão de declarar ter ficado "impressionado com o país", que, em sua opinião, "transpira energia e otimismo". "Agora entendo porque a Europa está olhando o Brasil", completou Cercas.

O autor, que ofereceu um encontro com leitores em São Paulo, assegurou estar "agradecido" pela recepção positiva que teve no país, onde sua editora brasileira prevê a publicação de todos os seus livros.

Ganhador do Prêmio Nacional de Narrativa da Espanha por "Anatomia de um Instante", um olhar literário e histórico sobre uma fracassada tentativa de golpe de Estado na Espanha (em 23 de fevereiro de 1981), Cercas tornou-se reconhecido no universo literário internacional com seu livro "Soldados de Salamina".

Doutor em Filologia Hispânica pela Universidade de Barcelona, Carca já recebeu inúmeros prêmios e teve sua obra traduzida em mais de 20 idiomas.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento