Entretenimento

Antes de leilão, Christie's exibe obra rara de Picasso avaliada em 14 milhões de dólares

AP Photo/Lefteris Pitarakis
Obra inédita do pintor Pablo Picasso, "Femme Au Chien", está exposta para venda em Londres (15/6/12). O quadro está estimado entre 9 e 13 milhões de euros Imagem: AP Photo/Lefteris Pitarakis

Londres

15/06/2012 12h40

A casa de leilões Christie's exibiu nesta sexta-feira (15) em Londres a obra "Mujer con Perro" (1962), do espanhol Pablo Picasso, que será leiloada no dia 20 de junho por um preço estimado entre US$ 9,3 milhões e US$ 14 milhões.

O quadro do pintor espanhol é uma das obras do leilão de Arte Impressionista e Moderna de 71 lotes da tradicional casa londrina, que deverá alcançar um valor total de até US$ 197,4 milhões.

Outro destaque deste leilão é a obra "A Jovem Banhista" (1888), de Renoir, que está avaliada entre US$ 18,7 milhões e US$ 28,1 milhões. Além destas telas principais, o leilão também inclui obras de Paul Gauguin e de René Magritte.

"Mujer con Perro", que não era exibida em público desde 1973, quando foi divulgada em Chicago, "relata uma cena cotidiana da última grande musa do pintor, a Jacqueline", explicou hoje à Agência Efe Jay Vincze, diretor do departamento de Arte Impressionista e Moderna da sala de leilões.

Vincze descreveu a obra do pintor espanhol como "um colorido retrato de sua segunda mulher, Jacqueline Roque, ao lado de seu cachorro, Kaboul, que Picasso pintou em um período de grandes mudanças".

O artista "tinha abandonado seu lar de Cannes para ir viver em Notre-Dame-de-Vic, próximo de Mougins (França). Essa foi uma das possíveis mudanças que desencadeou uma incrível explosão de criatividade em Picasso, momento em que ele criou uma série de trabalhos inovadores e vivos", explicou o especialista da Christie's.

Outro quadro pintado pelo pintor espanhol também será leiloado no dia 20 de junho. A obra "Mulher Sentada" (1949) possui um valor estimado entre US$ 7,8 milhões e US$ 11,7 milhões.

"Este leilão reflete a grande demanda atual entre os colecionadores. Muitas das obras saem à venda pela primera vez em uma geração, sendo que a maioria não foi apresentada ao público durante décadas", explicou Vincze.

O diretor do departamento de Arte Impressionista e Moderna da Christie's ressaltou "a qualidade, a raridade e a beleza destas obras", que representam todo um período artístico.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo