Entretenimento

Casa de Arthur Conan Doyle, escritor de Sherlock Holmes, é salva da demolição

Ap Photo
O escritor escocês Arthur Conan Doyle, criador do detetive Sherlock Holmes, em sua casa no ano de 1922. Imagem: Ap Photo

30/05/2012 14h43

O Superior Tribunal de Londres salvou nesta quarta-feira (30) da demolição a casa vitoriana de Arthur Conan Doyle em Surrey (Inglaterra), onde o escritor escocês escreveu 13 romances do astuto detetive Sherlock Holmes.

A fundação para preservar esse prédio histórico, a chamada Undershaw Preservation Trust, apresentou no último dia 23 de maio um recurso contra sua demolição que foi aceito pelo tribunal e que impedirá que a casa vitoriana se transforme em oito imóveis, sem levar em conta seu valor literário.

Em uma audiência realizada hoje, o juiz Ross Cranston alegou "erros legais" para revogar a decisão da Prefeitura de Waverley, que em setembro de 2010 tinha dado sinal verde às obras na casa na qual o autor escocês escreveu a história mais conhecida de Sherlock Holmes, "O Cão dos Baskervilles".

  • Reprodução/Telegraph

    Casa de Sherlock Holmes em foto atual publicada no jornal Telegraph

Gibson considerou que a casa projetada pelo próprio Doyle, que viveu nela de 1897 até 1907, tinha sido "gravemente descuidada por seus atuais proprietários", a empresa construtora Fossway.

Segundo Gibson, que conta com o respaldo de personalidades do mundo literário, os donos de Undershaw (o nome dado à casa) a enxergam simplesmente como uma "oportunidade de investimento", sem levar em conta seu valor histórico e literário.

Após a audiência de hoje, Gibson disse que a batalha para salvar Undershaw tinha sido "longa e difícil" e lembrou que esse local deve ser tratado com reverência, uma vez que "a vida e os trabalhos de Conan Doyle são uma parte fundamental da cultura britânica".

Desde 1920, a casa vitoriana salva hoje da demolição foi utilizada como hotel antes de ficar vazia em 2005 e, desde então, começou a deteriorar-se. O projeto contra o qual se pronunciou o tribunal pretendia demolir parte da estrutura da casa, a construção de uma nova ala de três andares e a conversão em garagens dos antigos estábulos.

A Undershaw foi vendida à empresa Fossway, que tem sua sede nas Ilhas Virgens britânicas, em fevereiro de 2004.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo