Entretenimento

Marvel entra no debate sobre casamento gay e confirma união do personagem Estrela Polar

Reprodução/Marvel.com
Página que mostra o casamento dos personagens Jean-Paul Beaubier e Kyle Jinadu Imagem: Reprodução/Marvel.com

Nova York

22/05/2012 16h16

A editora Marvel Comics, que dentre outras grandes histórias publica a saga dos mutantes de X-Men, decidiu casar Estrela Polar, um personagem gay, no número que sairá à venda nesta quarta-feira (23), nos Estados Unidos.

Estrela Polar, codinome de Jean-Paul Beaubier, é um canadense de penetrantes olhos azuis e mecha grisalha no cabelo, capaz de se deslocar e voar a velocidade sobre-humana. Na história, ele ficará de joelhos para propor casamento a Kyle Jinadu, seu namorado há anos, na revista "Astonishing X-Men #50"

Desta forma, os criadores situam seus leitores diante de um dos assuntos sociais mais comentados nos Estados Unidos atualmente, o casamento entre homossexuais, que, por sua vez, não é autorizado na maioria dos estados. O tema também ganhou evidência durante a campanha eleitoral dos presidenciais, já que Obama declarou publicamente seu apoio à união entre gays.

“O universo Marvel sempre refletiu o mundo fora de sua janela, então nos esforçamos para ter certeza que os personagens, seus relacionamentos e histórias fossem coerentes com a realidade”, disse o editor-chefe da editora, Axel Alonso, em comunicado. 

Além do lançamento, a Marvel também confirmou que o episódio do casamento do mutante e seu namorado também será retratado na próxima edição das aventuras X-Men, que deverá chegar ao mercado no dia 20 de junho, data em que serão realizados alguns casamentos em lojas especializadas em HQ's. 

  • Capa do quadrinho que vai as bancas nesta quarta (22)

O personagem Estrela Polar se firmou como herói da Marvel em 1979, quando se tornou um dos integrantes da equipe "Alpha Flight" e um dos antagonistas de outros populares super-heróis. 

A partir de 1983, os criadores transformaram este personagem em um dos mais populares da Marvel. Nesta época, além de ter se tornado um medalhista olímpico, Estrela Polar também aparecia como um bem-sucedido empresário. A identidade sexual do super-herói só foi relevada publicamente em 1992. 

"Essa história é universal e está no centro de tudo o que escrevo: um poderoso amor entre duas pessoas que precisam lutar por isso e contra todo o resto", disse uma das autoras da história, Marjorie Liu, no mesmo comunicado. “Como escritora — e autora de romances — eu sempre achei um pouco estranho que os relacionamentos dos personagens caíssem em um limbo por anos. Certamente isso acontece na vida real — alguns relacionamentos simplesmente nunca crescem — mas a coisa mais maravilhosa sobre essas histórias é que elas tendem a mover personagens e leitores para o futuro”, disse. 

Estrela Polar e Kyle namoram desde 2009, mas a Marvel não promete que eles viverão felizes para sempre. No anúncio, a editora se pergunta: "Será seu caminho até o matrimônio em Nova York será suave, ou haverá perigos ocultos virando a esquina?". Como se enfrentar malfeitores e salvar o mundo não fosse o bastante.

  • A Marvel também tem outros casais gays em seus quadrinhos, Julie Power (esq.) e Julio Esteban Richter (dir.) são alguns dos mutantes homossexuais

*com informações da Reuters.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo