Entretenimento

Anonymous bloqueia site do Ministério do Interior britânico

07/04/2012 21h40

Londres, 7 abr (EFE).- O site do Ministério britânico do Interior ficou bloqueado por mais de três horas, supostamente por uma ação de protesto do grupo de hackers Anonymous, informou neste sábado a "BBC".

Segundo a rede estatal do Reino Unido, antes do serviço cair por volta das 20h locais (16h de Brasília), apareceu no portal uma mensagem que dizia: "alto volume de tráfego". No entanto, uma mensagem no twitter informava que o bloqueio era um ato de protesto contra os planos do primeiro-ministro David Cameron de permitir o acesso da Polícia a e-mails dos cidadãos como medida antiterrorista.

Outra mensagem, supostamente do Anonymous, indicava que a ação repreendia o tratado de extradição entre o Reino Unido e Estados Unidos, criticado por desfavorecer os britânicos.

Segundo a "BBC", a rede social informava também o bloqueio do site de Downing Street - escritório oficial do primeiro-ministro -, cujo acesso caiu. No entanto, um porta-voz negou qualquer ataque e uma fonte do Ministério do Interior disse que está vigiando a situação.

A "BBC" informou ainda que os indícios da ação mostram que o grupo de hackers "Anonymous" seria o responsável pelos bloqueios.

O Anonymous ficou conhecido em 2010, quando cobrou da sociedade destaque à revelação de informações confidenciais oficiais pelo Wikileaks, fundado pelo australiano Julian Assange. Desde então, o grupo se caracterizou pela interrupção do serviço de sites, como o que ocorreu com as páginas de Visa e MasterCard depois que as empresas bloquearam o acesso a Assange.

Ultimamente, o piratas cibernéticos mudaram um pouco a linha de ação e lançaram ofensivas pelo aumento de controles na internet e políticas de vigilância governamentais. Nesta semana, o Anonymous bloqueou sites da China em protesto ao ferrenho controle do Estado chinês sobre os cidadãos do país.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo